Topo

Geek


Público prefere filmes liderados por mulheres do que por homens, diz estudo

Gal Gadot postou foto de figurino de "Mulher-Maravilha 1984" em seu Twitter - Twitter/Reprodução
Gal Gadot postou foto de figurino de "Mulher-Maravilha 1984" em seu Twitter Imagem: Twitter/Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

11/12/2018 18h44

Um estudo divulgado nesta terça-feira (11) mostra que filmes com protagonistas mulheres têm desempenho melhor nas bilheterias do que aqueles em que os homens são os personagens principais.

A pesquisa realizada pela Creative Artists Agency e companhia de tecnologia Shift7 aponta que o movimento Time's Up foi fundamental para melhorar a representação feminina no entretenimento.

"Esta é a prova essencial que as pessoas querem ver todos representados nas telonas", disse Amy Pascal, chefona da Sony Pictures. "Os executivos de Hollywood precisam prestar atenção nisto".

O estudo analisou 350 filmes com grandes bilheterias entre 2014 e 2017, separados em cinco categorias de orçamento: abaixo de US$ 10 milhões; entre US$ 10 e US$ 30 milhões; de US$ 30 a US$ 50 milhões; entre US$ 50 e US$ 100 milhões; e acima de US$ 100 milhões.

Para ser encaixado como um filme protagonizado por uma mulher, segundo a pesquisa da Creative Artists Agency, oa produção tem que 1) pelo menos ter duas mulheres em cena 2) ambas devem ter cenas em que conversam entre elas e 3) elas precisam falar sobre outras coisas além dos seus relacionamentos com os homens.

A pesquisa apontou que todos os filmes que ultrapassaram a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias passaram no teste anterior. Um dos filmes entre os destaques é "Mulher-Maravilha", que arrecadou mais de US$ 821 milhões.