PUBLICIDADE
Topo

Juliette Binoche será presidente do júri no Festival de Berlim

13.mai.2016 - FJuliette Binoche divulga o filme "Ma Loute" em Cannes -  REUTERS/Yves Herman
13.mai.2016 - FJuliette Binoche divulga o filme "Ma Loute" em Cannes Imagem: REUTERS/Yves Herman

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

11/12/2018 10h49

Juliette Binoche vai presidir o júri do Festival de Berlim 2019. A escolha foi anunciada pela organização do evento nesta terça-feira (11) e repercutida pela "Variety".

O festival alemão, um dos mais prestigiados do circuito europeu, acontece entre os dias 7 e 17 de fevereiro. Binoche se disse "tremendamente honrada" por servir como presidente do júri no último ano do diretor criativo Dieter Kosslick, que vai se aposentar.

"Isso significa muito para mim", declarou. "Eu estou ansiosa para conhecer os meus colegas de júri, e vou abraçar esta função com alegria e cuidado".

A atriz parisiense, de 54 anos, é conhecida internacionalmente por filmes como "O Paciente Inglês" e "Chocolate". Pela atuação no primeiro destes títulos, foi premiada tanto com o Oscar quanto com o troféu de melhor atriz em Berlim.

Seus trabalhos recentes incluem papéis em Hollywood, em filmes como "Godzilla" e "A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell", e longas franceses, como "Acima das Nuvens" e "Deixe a Luz do Sol Entrar".

Binoche herda o posto do diretor alemão Tom Tykwer ("Corra, Lola, Corra!"), que serviu como presidente do júri em 2018. O cineasta Paul Verhoeven ("Elle"), o diretor Darren Aronofsky ("Mãe!"), e a atriz Meryl Streep também exerceram a função em anos recentes.