PUBLICIDADE
Topo

"Família da Pesada" homenageia Carrie Fisher com discurso tocante de Peter

A atriz Carrie Fisher na pré-estreia de "Star Wars: O Despertar da Força" (2015), em Londres - Reuters
A atriz Carrie Fisher na pré-estreia de "Star Wars: O Despertar da Força" (2015), em Londres Imagem: Reuters

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

10/12/2018 09h02

No episódio deste domingo (9), a animação "Uma Família da Pesada" mostrou o protagonista Peter Griffin (Seth McFarlane) indo ao velório de sua chefe, Angela. A personagem era dublada por Carrie Fisher, que morreu em dezembro de 2016.

No capítulo, foi revelado que Angela morreu, na série, por ter ido nadar menos de vinte minutos depois de comer. O discurso de Peter no velório da chefe pode ser entendido como um tributo à própria Fisher.

"Essa era a Angela -- destemida, espontânea, honesta sobre si mesma tanto quanto era honesta sobre o mundo ao seu redor", comentou o personagem. "Ela tinha graça, coragem e um entusiasmo pela vida que ninguém mais tinha".

"Ela pode ter ido embora, mas a sua voz vai continuar vivendo em DVD, no Hulu Plus e nas minúsculas projeções de um androide. Eu posso ter perdido uma chefe, mas o paraíso ganhou uma princesa", completou.

Esta última porção do discurso faz referência ao papel de Fisher como Princesa Leia, nos filmes de "Star Wars". É na saga de ficção científica que a personagem famosamente aparece em uma projeção feita pelo androide R2-D2, avisando Luke (Mark Hamill) sobre os perigos pelos quais a galáxia passa.

Fisher havia deixado vários episódios de "Uma Família da Pesada" gravados quando morreu. A última aparição de Angela na série aconteceu quase um ano depois de sua morte, no episódio especial de Natal de 2017.