Topo

Geek

"Astronauta" da HBO deve exportar personagem de Mauricio de Sousa para 30 países

Mariana Pekin/UOL
Mauricio de Sousa e sua filha Mônica na CCXP 18 Imagem: Mariana Pekin/UOL

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

08/12/2018 04h00

Os voos do personagem Astronauta, criado por Mauricio de Sousa em 1962, ainda não são interplanetários, mas chegarão a pelo menos 30 países com a ajuda da HBO. O quadrinista contou com exclusividade ao UOL que a série de animação "Astronauta - Propulsão", que será coproduzida pelo seu estúdio e a HBO, terá distribuição internacional pelo canal por assinatura. 

Reprodução
O Astronauta, da Turma da Mônica, nos traços de Danilo Beyruth Imagem: Reprodução

O anúncio da produção da série foi feito nesta sexta-feira (7) por Mauricio de Sousa em um painel na CCXP 2018. A série terá como base as graphic novels do Astronauta escritas por Danilo Beyruth. A primeira temporada, ainda sem data de estreia, terá seis episódios e temática para jovens adultos. 

"O Astronauta é um personagem filosófico. Em suas histórias tudo pode acontecer. O universo é o limite. Não há restrições para as suas aventuras pelo espaço", afirmou Mauricio. 

Robert Rios, vice-presidente de produções originais da HBO na América Latina, acompanhou o início da produção da animação e destacou a participação ativa de Mauricio no processo. "Ele fica lá, quietinho, e quando fala é para mudar coisas certeiras na trama. Ele não deixa passar nada", contou. "Se você acha que olhar por cima do ombro das pessoas e dar pitaco é se envolver na produção, então, eu me envolvi", brincou Mauricio.

Embora a trama da série seja baseada nas graphic novels de Danilo Beyruth, elas não serão uma simples adaptação das histórias já publicadas. "A história será ambientada nos eventos anteriores à primeira graphic novel. Mostraremos o início da história do Astronauta", contou Maurício.

 

Reprodução
Astronauta, personagem da Turma da Mônica Imagem: Reprodução

O quadrinista comentou ainda que pretende lançar no futuro novas séries de TV. "Esse projeto das graphic novels não acaba nos quadrinhos. Assim como transformamos 'Laços' em filme, vamos fazer novos filmes e séries das outras histórias", adiantou. 

Mauricio disse ainda que quer acompanhar a evolução dos fãs e pretende lançar uma versão da Turma da Mônica adulta, entre 20 e 30 anos para explorar temas mais complexos e menos infantis. "Só não vamos lançar a Turma da Mônica gagá, idosa", brincou o quadrinista. "É um projeto que está em andamento. Tenho conversado com a minha equipe e deverá sair em breve".