Topo

Globo de Ouro

"This Is Us", Ryan Gosling e Robin Wright são esnobados pelo Globo de Ouro

Kevin Winter/Getty Images
Robin Wright faz graça com estatueta do Globo de Ouro após ser premiada como melhor atriz dramática em 2014 por seu papel na série "House of Cards" Imagem: Kevin Winter/Getty Images

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

06/12/2018 14h06

Entra ano, sai ano, sempre haverá uma grande aposta que acaba ficando somente neste campo mesmo. Aberta a temporada 2019 das grandes premiações, com a divulgação dos indicados ao Globo de Ouro, a ausência de atores e produções dados como certos entre os melhores do cinema e da televisão já começa a repercutir. Veja as cinco mais sentidas no Globo de Ouro 2019:

Chadwick Boseman

Marvel Studios/Divulgação
Imagem: Marvel Studios/Divulgação

Com três indicações, entre elas a de melhor filme de drama, "Pantera Negra" quebrou um tabu e já fez história no Globo de Ouro, sendo o primeiro filme de herói indicado nesta categoria. O longa da Marvel ainda concorre como melhor trilha sonora (para Ludwig Göransson) e melhor canção original (para "All the Stars", de Kendrick Lamar e SZA) .Mas cadê o próprio Pantera Negra entre os indicados? Chadwick Boseman, claro, deve participar da cerimônia em janeiro, mas o prêmio de melhor ator, pelo menos em 2019, ficará longe das mãos dele.

Robin Wright

Divulgação
Imagem: Divulgação

Outra esnobada foi Claire Underwood de "House of Cards". Pode até parecer injusto dizer que a atriz Robin Wright foi esquecida pelo Globo de Ouro, já que ela levou uma estatueta em 2014 pelo mesmo papel. Porém, foi Wright quem levou nas costas a sexta temporada da série da Netflix depois da polêmica saída de Kevin Spacey por causa de acusações de assédio. Temporadas derradeiras costumam ganhar atenção no prêmio. Portanto, a "presidenta dos Estados Unidos" merecia sim ser lembrada pela última vez pelo Globo de Ouro.

Ryan Gosling

Daniel McFadden/Universal
Imagem: Daniel McFadden/Universal

Protagonista de "O Primeiro Homem" como Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, Ryan Gosling era uma das grandes apostas entre os indicados a melhor ator em um filme de drama. As cinco vagas ficaram com Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela"), Willem Dafoe ("No Portal da Eternidade"), Lucas Hedges ("Boy Erased: Uma Verdade Anulada"), Rami Malek ("Bohemian Rhapsody") e John David Washington ("Infiltrado na Klan"). "O Primeiro Homem" até ganhou indicações: melhor atriz coadjuvante (Claire Foy) e melhor trilha sonora (Justin Hurwitz). Resta a Gosling, vencedor em 2017 por "La La Land: Cantando Estações", torcer pelos colegas em 2019.

"The Handmaid's Tale"

Divulgação
Imagem: Divulgação

Após a segunda temporada (e a terceira a caminho), a melhor série dramática de 2018 do Globo de Ouro não foi nem indicada na categoria em 2019. A produção do Hulu se destacou no início do ano fisgando duas das três estatuetas a que concorria e também consagrou Elisabeth Moss, atriz que levou seu segundo Globo de Ouro para casa pelo trabalho. Para 2019, a protagonista segue indicada como melhor atriz ao lado da colega Yvonne Strahovski, que concorre a melhor atriz coadjuvante. Mas quem esperava "The Handmaid's Tale" concorrendo na categoria principal - de série dramática - ficou a ver navios.

"This is Us"

Reprodução
Imagem: Reprodução

"This is Us" talvez seja a maior decepção. Nem sequer uma indicaçãozinha para aquela que era uma das grandes apostas da mídia internacional. Entre os bolões, a série que está em sua terceira temporada era muito esperada entre os indicados a melhor série de drama. As apostas também davam como certo uma nova indicação para Sterling K. Brown, vencedor em 2018 como melhor ator pelo trabalho, e outra para Milo Ventimiglia na mesma categoria.