Topo

Globo de Ouro


"This Is Us", Ryan Gosling e Robin Wright são esnobados pelo Globo de Ouro

Robin Wright faz graça com estatueta do Globo de Ouro após ser premiada como melhor atriz dramática em 2014 por seu papel na série "House of Cards" - Kevin Winter/Getty Images
Robin Wright faz graça com estatueta do Globo de Ouro após ser premiada como melhor atriz dramática em 2014 por seu papel na série "House of Cards" Imagem: Kevin Winter/Getty Images

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

06/12/2018 14h06

Entra ano, sai ano, sempre haverá uma grande aposta que acaba ficando somente neste campo mesmo. Aberta a temporada 2019 das grandes premiações, com a divulgação dos indicados ao Globo de Ouro, a ausência de atores e produções dados como certos entre os melhores do cinema e da televisão já começa a repercutir. Veja as cinco mais sentidas no Globo de Ouro 2019:

Chadwick Boseman

Marvel Studios/Divulgação
Imagem: Marvel Studios/Divulgação

Com três indicações, entre elas a de melhor filme de drama, "Pantera Negra" quebrou um tabu e já fez história no Globo de Ouro, sendo o primeiro filme de herói indicado nesta categoria. O longa da Marvel ainda concorre como melhor trilha sonora (para Ludwig Göransson) e melhor canção original (para "All the Stars", de Kendrick Lamar e SZA) .Mas cadê o próprio Pantera Negra entre os indicados? Chadwick Boseman, claro, deve participar da cerimônia em janeiro, mas o prêmio de melhor ator, pelo menos em 2019, ficará longe das mãos dele.

Robin Wright

Divulgação
Imagem: Divulgação

Outra esnobada foi Claire Underwood de "House of Cards". Pode até parecer injusto dizer que a atriz Robin Wright foi esquecida pelo Globo de Ouro, já que ela levou uma estatueta em 2014 pelo mesmo papel. Porém, foi Wright quem levou nas costas a sexta temporada da série da Netflix depois da polêmica saída de Kevin Spacey por causa de acusações de assédio. Temporadas derradeiras costumam ganhar atenção no prêmio. Portanto, a "presidenta dos Estados Unidos" merecia sim ser lembrada pela última vez pelo Globo de Ouro.

Ryan Gosling

Daniel McFadden/Universal
Imagem: Daniel McFadden/Universal

Protagonista de "O Primeiro Homem" como Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, Ryan Gosling era uma das grandes apostas entre os indicados a melhor ator em um filme de drama. As cinco vagas ficaram com Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela"), Willem Dafoe ("No Portal da Eternidade"), Lucas Hedges ("Boy Erased: Uma Verdade Anulada"), Rami Malek ("Bohemian Rhapsody") e John David Washington ("Infiltrado na Klan"). "O Primeiro Homem" até ganhou indicações: melhor atriz coadjuvante (Claire Foy) e melhor trilha sonora (Justin Hurwitz). Resta a Gosling, vencedor em 2017 por "La La Land: Cantando Estações", torcer pelos colegas em 2019.

"The Handmaid's Tale"

Divulgação
Imagem: Divulgação

Após a segunda temporada (e a terceira a caminho), a melhor série dramática de 2018 do Globo de Ouro não foi nem indicada na categoria em 2019. A produção do Hulu se destacou no início do ano fisgando duas das três estatuetas a que concorria e também consagrou Elisabeth Moss, atriz que levou seu segundo Globo de Ouro para casa pelo trabalho. Para 2019, a protagonista segue indicada como melhor atriz ao lado da colega Yvonne Strahovski, que concorre a melhor atriz coadjuvante. Mas quem esperava "The Handmaid's Tale" concorrendo na categoria principal - de série dramática - ficou a ver navios.

"This is Us"

Reprodução
Imagem: Reprodução

"This is Us" talvez seja a maior decepção. Nem sequer uma indicaçãozinha para aquela que era uma das grandes apostas da mídia internacional. Entre os bolões, a série que está em sua terceira temporada era muito esperada entre os indicados a melhor série de drama. As apostas também davam como certo uma nova indicação para Sterling K. Brown, vencedor em 2018 como melhor ator pelo trabalho, e outra para Milo Ventimiglia na mesma categoria.