Topo

Música

Anúncio de indicados ao Grammy é adiado em respeito a funeral de George Bush

Getty Images
Bruno Mars, o grande vencedor da noite da 60ª edição do Grammy Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

03/12/2018 12h52

Por causa do funeral do ex-presidente dos EUA George H.W. Bush, que morreu no último sábado (1º), as indicações ao Grammy 2019 não serão mais reveladas na quarta-feira (5). Ao invés disso, a Recording Academy divulgou que o anúncio será feito na sexta (7).

A revelação dos indicados deve ocorrer em duas plataformas diferentes: no programa de TV "CBS This Morning" e na Apple Music, as categorias principais serão anunciadas em torno das 11h30 no horário de Brasília. Pouco depois, a lista completa (com todas as categorias técnicas), ficará disponível no site do Grammy.

O Grammy 2019 será o primeiro a ter oito indicados nas "categorias gerais" -- como gravação do ano, álbum do ano, canção do ano e melhor revelação --, ao invés dos tradicionais cinco. A mudança busca "refletir o grande número de inscrições nessa categoria e flexibilizar o processo de votação", segundo a academia.

No ano passado, a premiação musical enfrentou polêmica graças à predominância de artistas do sexo masculino nestas categorias, as únicas que não são divididas entre homens e mulheres.

A grande cerimônia do Grammy acontece em 10 de fevereiro de 2019.