Topo

Geek


Garoto ganha o direito de incluir Yoda no nome após briga com cartório

Yoda - Reprodução
Yoda Imagem: Reprodução

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

29/11/2018 10h00

Um garoto polonês conseguiu o direito de usar Yoda em seu nome. Mas, para que os pais fizessem a homenagem ao baixinho verde de "Star Wars", foi preciso muito debate e uma disputa até que a permissão fosse concedida.

O site Polsat News conta que o jornalista Wojciech Staszewski queria tanto concretizar sua ideia, que ele enfrentou um longo caminho para que o filho pudesse usar Yoda como nome do meio. O garoto hoje tem quatro anos e se chama Igor Yoda Staszewski.

O cartório de Varsóvia, que agora liberou o uso, a princípio não gostou do pedido para que Igor Yoda tivesse incluído o nome do personagem, já que é incomum por lá pedidos de nome menos tradicionais. 

"Yoda! Agora oficialmente. Gostaria de compartilhar a alegria desta vitória após uma longa jornada. Estou muito feliz, este rapazinho adorável e inteligente é o primeiro Yoda da Polônia", festejou o pai, no Facebook.

O conselho da língua polonesa tem uma política bastante restritiva, e nomes precisam geralmente obedecer a formas e regras pré-estabelecidas. O fato de o nome começar com Y - que geralmente é trocado por I e J - e acabar com A - geralmente indicando um nome feminino -, foram problemas no pedido.

A decisão explica por que foi liberado o uso de Yoda, mas só como nome do meio. "A lei não proíbe a designação de nomes estrangeiros na Polônia. Se fosse o primeiro nome, minha opinião provavelmente seria negativa, mas como é o segundo - e o primeiro não deixa dúvidas sobre o sexo da criança -, a conclusão é de que os pais argumentaram de forma adequada a a escolha."