PUBLICIDADE
Topo

Alfonso Cuarón, de "Roma", diz que não liga para briga entre cinemas e Netflix

O cineasta mexicano Alfonso Cuarón  - Richard Shotwell/Invision/AP
O cineasta mexicano Alfonso Cuarón Imagem: Richard Shotwell/Invision/AP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

29/11/2018 10h40

O diretor Alfonso Cuarón acha que cineastas não devem se envolver na briga entre cinemas tradicionais e plataformas de streaming como a Netflix, e que devem ao invés disso se concentrar no aspecto "puramente cinematográfico" de suas criações.

O cineasta mexicano, vencedor do Oscar por "Gravidade", prepara-se para lançar o drama "Roma" na Netflix. Ele falou sobre o assunto durante evento para a premiação britânica BAFTA, em Londres, segundo o "Deadline".

"Cinema é maior do que a plataforma em que você vai lançar o seu filme. Cinema é o que é importante. O resto das coisas são considerações irritantes sobre como você vai mostrar o seu trabalho", definiu.

"No momento, a conversa é entre streaming e cinemas tradicionais. Anos atrás, era entre lançamento nos cinemas comerciais ou não. Essas brigas não têm nada a ver com o cinema, são dois modelos econômicos que eventualmente acharão algum equilíbrio", continuou.

"Eu não acho que um cineasta deva se preocupar com modelos econômicos. Precisamos considerar nossas obras puramente em termos de cinema", completou ainda.

Dito isso, Cuarón ainda gosta de saber que seus filmes estão sendo vistos na tela grande. "Nenhum dos filmes que eu faço é feito, originalmente, para ser visto no celular", brincou. "Mas se essa é a escolha da pessoa, tudo bem".

"Eu espero que as pessoas se importem com a arte do cinema, e queiram ver o filme na tela grande", disse ainda. "Eu espero que as pessoas vejam 'Roma' nos cinemas".

O filme é um projeto pessoal de Cuarón, que reconta parte sua infância na Cidade do México nos anos 1970. "Roma" deve chegar à Netflix em 14 de dezembro.

Nos EUA e em alguns outros países, o longa passará pelos cinemas por algumas semanas, especialmente para se qualificar para o Oscar 2019.