Topo

Livros e HQs

Autora anuncia que "O Conto da Aia" vai ganhar continuação em 2019

Divulgação
Elisabeth Moss é June em "The Handmaid's Tale" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

28/11/2018 12h55

Margaret Atwood vai retornar para Gilead. A autora anunciou nesta quarta-feira (28), pelo Twitter, que está escrevendo uma continuação para o clássico "O Conto da Aia", que inspirou a série de sucesso "The Handmaid's Tale".

Intitulada "The Testaments", a sequência chega às prateleiras em setembro de 2019.

Atwood revelou que a história de "The Testaments" se passa quinze anos depois dos eventos do primeiro livro, e será narrada por três personagens femininas diferentes.

No breve teaser que veio junto do anúncio, uma frase da autora esclarece: "Tudo o que vocês já me perguntaram sobre Gilead e como ela funciona me inspirou para escrever este livro. Bom, quase tudo! A outra inspiração é o que está acontecendo no nosso mundo atualmente".

Para quem não conhece o mundo de "O Conto da Aia", Gilead é o nome da nova república fundada pelo grupo fundamentalista religioso que dominou os EUA no livro de Atwood.

Neste contexto, conhecemos June (na série, Elisabeth Moss), que serve como "aia" para o poderoso Comandante Waterford (Joseph Fiennes). As aias são mulheres férteis que são estupradas mensalmente por seus "donos" a fim de produzir crianças.

"O Conto da Aia" foi originalmente escrito em 1985, ganhando adaptação para o cinema em 1990, com o título brasileiro de "A Decadência de Uma Espécie". A série ressuscitou a popularidade da obra em 2017, quando estreou pelo serviço de streaming Hulu.

"The Handmaid's Tale" ganhou vários prêmios de TV, incluindo o Emmy e o Globo de Ouro de melhor série dramática pela primeira temporada. O primeiro ano da série adaptou todo o livro de Atwood, de forma que a segunda temporada continuou a história de June de forma independente.

Mais Livros e HQs