PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

"A classe artística traiu o Brasil", diz Alexandre Frota sobre Lei Rouanet

Alexandre Frota, deputado eleito pelo PSL-SP - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Alexandre Frota, deputado eleito pelo PSL-SP Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

27/11/2018 09h48

O ator Alexandre Frota, eleito deputado federal pelo PSL, falou sobre a Lei Rouanet em entrevista a Roberto Cabrini no "Conexão Repórter", do SBT, nesta segunda-feira. Segundo ele, a legislação precisa mudar. 

"Precisa de uma reforma drástica, radical, para que possa funcionar como foi proposta. É para fomentar novos atores, atrizes e grupos de teatro. A gente é a favor da cultura. Não estou traindo a classe artística, é a classe artística que traiu o Brasil durante todo esse tempo roubando os cofres públicos", disse.

O deputado eleito afirma ainda temer por sua segurança. "Recebo muitas ameaças nas redes sociais. Não posso ficar dando moleza na rua. Pode acontecer comigo o que aconteceu com a Marielle [Franco, vereadora do Rio assassinada em março]. Não posso voltar atrás, foi essa vida que escolhi para mim". 

Alexandre Frota também comentou a relação com o filho Mayã, com quem trava uma disputa judicial em razão de uma dívida de pensão alimentícia. Após o ator ser eleito deputado federal com mais de 155 mil votos, o rapaz foi às redes sociais expor os problemas familiares.

"Ele não é filho de um ex-ator pornô, é filho de um ex-ator da Globo. Isso já mexeu comigo, hoje menos, sou bem resolvido com relação a isso porque nunca fiz nada que pudesse gerar ódio dele a meu respeito. Não tenho problema com ele. Foi forte, mas já passou para mim", ameniza, analisando sua conduta como pai. "As minhas escolhas são minhas escolhas. Eu vivi da maneira que tinha que viver. Como pai não é uma derrota, é triste. Não estou disputando nada com ele, não é um jogo. Se a gente vier a se falar de uma maneira bacana, está tudo certo".

Roberto Cabrini então questionou se não é contraditório Frota ter um discurso incisivo sobre a família brasileira ao mesmo tempo que mantém uma relação distante com um filho. "O que eu enxergo em relação à família brasileira não tem a ver com um problema meu. Não tenho nenhum relacionamento com a mãe dele e a vida levou cada um para um lado. Desde pequeno ele sempre me viu, sempre soube das minhas histórias e nunca falou absolutamente nada", garante.

Entretenimento