PUBLICIDADE
Topo

"Venom": Como um meme "socialista" ajudou o filme a bombar na China

Tom Hardy como Eddie Brock em "Venom" - Reprodução
Tom Hardy como Eddie Brock em "Venom" Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

26/11/2018 19h15

"Venom" já arrecadou mais de US$ 822 milhões nas bilheterias mundiais, marca superior a "Mulher-Maravilha" (US$ 821 milhões), "Deadpool 2" (US$ 734 milhões) e "Homem-Formiga e a Vespa" (US$ 622 milhões).

Boa parte da grana embolsada pela Sony Pictures em parceria com a Marvel vem principalmente da China, que contribuiu com US$ 243 milhões, mais de US$ 30 milhões do que o filme solo do anti-herói arrecadou apenas nos Estados Unidos.

Com uma bolada dessas, e com desempenho nos cinemas internacionais melhor do que "Homem-Aranha: De Volta ao Lar", "Venom" já está mirando uma sequência, mas é curioso ver por que o filme conseguiu conquistar tantos chineses.

Mesmo não tendo nada de atrativo para o país em comparação a outras projetos -- a única vez em que a China é mencionada na produção é a "Chinatown", de São Francisco --, foram jogadas certeiras de marketing e uma brincadeira na internet que ajudaram a dar dinheiro para o estúdio.

Segundo o site de Hong Kong Abacus News, um meme mostrando Venom como um heróis socialista acabou viralizando no país em outubro. No vídeo irônico de um minuto, cenas do filme ganham outro tom com conselhos sobre como tomar cuidado no trânsito, por exemplo.

O vídeo ainda traz uma "adaptação" dos quadrinhos, mudando o nome da saga "Protetor Letal" para "Protetor de Segurança". Por fim, o clipe pede para que todos mantenham a disciplina e obedeçam as regras, como se o protagonista fosse um "herói" dentro do governo socialista. Clique para ver o vídeo.

A brincadeira se deu porque muitos filmes norte-americanos se esforçam para entrar no mercado chinês e passar pela censura local, o que nem todos conseguem. "Deadpool", por exemplo, nem chegou a ser lançado na China pela violência e cenas de sexo, enquanto "Logan" foi cortado 14 minutos.

Junto com o sucesso do meme, a Sony trabalhou forte na divulgação de "Venom" nas redes sociais da China. O estúdio retratou o simbionte como um personagem carinhoso e um namorado ideal em um desenho cartunesco e muito mais fofo do que estamos acostumados a ver nos quadrinhos da Marvel.