PUBLICIDADE
Topo

Nicole Kidman diz que quase largou o cinema para virar "fazendeira"

Nicole Kidman - Jon Kopaloff/Getty Images
Nicole Kidman Imagem: Jon Kopaloff/Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

23/11/2018 16h53

Nicole Kidman compareceu a uma conversa com fãs e com a imprensa em Londres, no Reino Unido, e admitiu que pensou em largar o cinema nos anos 2000, depois do nascimento de sua filha Sunday Rose. As informações são do "Deadline".

Sunday Rose é a primeira filha de Kidman com o cantor de country Keith Urban, e nasceu em 2008. A estrela tem outros três filhos: dois adotados, Isabella e Connor, do casamento com Tom Cruise; e mais uma filha biológica, Faith, que nasceu em 2010.

"Não há nada no meu histórico familiar que me sugeriu ser uma atriz, e por isso eu penso que está no meu sangue. Eu nunca soube de onde isso veio, como isso apareceu na minha vida, mas é como uma vocação", comentou Kidman sobre seu começo na carreira.

"Eu tive momentos em que tentei me afastar disso. Especialmente depois de dar à luz Sunday Rose, pensei: 'Para mim acabou, eu vou viver nesta fazenda em Nashville'. Aos poucos, no entanto, a atuação foi me puxando de volta, e é algo que eu amo", continuou.

"Agora, eu cheguei em um ponto na minha vida em que digo: 'Isso é o que eu faço, estou imensamente grata pela minha jornada, e mal posso acreditar que continuo trabalhando'. Isso me dá uma enorme alegria", disse ainda.

"Por outro lado, a atuação me coloca em um lugar onde eu posso me comunicar, existir no mundo, participar dele. Quando estou atuando, tenho uma compreensão maior das pessoas no mundo, e aprendo tanto com isso", completou.

No momento, Kidman se prepara para lançar dois filmes: "Boy Erased: Uma Verdade Anulada" e "O Peso do Passado", ambos com performances elogiadas que podem leva-la mais uma vez a indicações ao Oscar. Os filmes devem chegar no Brasil em janeiro de 2019.