PUBLICIDADE
Topo

"This is Us" surpreende com revelação sobre sexualidade de personagem mirim

Da esquerda para a direita: Annie, Tess e Deja em "This is Us" - Divulgação
Da esquerda para a direita: Annie, Tess e Deja em "This is Us" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

21/11/2018 09h31

ATENÇÃO: SPOILERS DE "THIS IS US" A SEGUIR

A popular série "This is Us" surpreendeu os fãs nesta terça-feira (20) ao incluir em seu episódio especial de Dia de Ação de Graças uma revelação inesperada sobre a sexualidade de uma de suas personagens mais jovens: Tess (Eris Baker), uma das filhas de Randall (Sterling K. Brown) e Beth (Susan Kelechi Watson).

Durante um dos segmentos do episódio, Tess teve uma conversa íntima com a tia, Kate (Chrissy Metz), sobre as mudanças radicais pelas quais o seu corpo está passando no início da adolescência. O diálogo ganhou uma nova significância, no entanto, quando se voltou para a sexualidade.

"Logo, você vai ter seu primeiro namorado...", comentou Kate para a sobrinha.

"Ou namorada", emendou Tess, hesitante.

A jovem em seguida pediu à tia que não comentasse sobre o diálogo que tiveram com os pais, Randall e Beth.

Tess e Kate em cena do episódio mais recente de "This is Us" - Divulgação - Divulgação
Tess e Kate em cena do episódio mais recente de "This is Us"
Imagem: Divulgação

Em entrevista com a "Entertainment Weekly", o produtor Isaac Aptaker falou sobre a grande revelação. "Eris ficou muito animada quando a contamos sobre esta história, ela gosta de desafios como atriz. Sempre que fazemos algo emocionalmente complexo com as crianças da série, falamos primeiro com os pais", garantiu o produtor.

"Também tivemos a sorte de ter Catherine Hardwicke, que fez o filme 'Aos Treze', como nossa diretora neste episódio. Ela é muito boa em contar histórias honestas sobre adolescentes, e tem todo tipo de truque na manga", comentou ainda.

"Eu acredito que Catherine propôs a Eris que mantivesse um diário, escrevendo como se fosse Tess, para poder entrar na cabeça dela, e dar mais profundidade à performance. Funcionou, porque estamos completamente impressionados com o trabalho de Eris neste e nos próximos episódios", disse.

Aptaker ainda ligou a história de Tess com o filme "Com Amor, Simon", que ele mesmo escreveu ao lado de Elizabeth Berger (outra produtora da série). Em ambos os casos, disse Aptaker, a pessoa LGBTQ+ tem uma família liberal que com certeza vai apoiá-la caso ela se assuma, mas mesmo assim há uma dificuldade.

"Eu não acho que Tess estava planejando contar para Kate, foi uma decisão momentânea. Em 'Simon', também contamos a história desse garoto que saiu do armário e tinha uma família que o apoiou. O que percebemos com ambos os personagens é que, mesmo que você não se preocupe com a reação dos seus pais, é algo enorme para dizer para o mundo", disse.

"É uma coisa aterrorizante, se anunciar desta forma e ser assertivo sobre a sua identidade... Eu acho que Tess se viu envolvida naquele momento com Kate, então contou. Depois, ela pensou: 'Uh oh, não estou pronta para isso'. Por isso ela pediu para Kate não contar nada", completou.

Aptaker ainda prometeu que a história de Tess e sua sexualidade vai se desenrolar aos poucos pela série. "As crianças estão percebendo suas sexualidades e saindo do armário cada vez mais cedo, e por isso acho que nossa história com Tess é realista e moderna. Sem dúvida é uma semente que plantamos para o futuro", disse.