PUBLICIDADE
Topo

Sarah Jessica Parker não gosta de discutir legado de "Sex and the City"

Sarah Jessica Parker se emociona ao receber o prêmio de melhor atriz de série premium no People"s Choice Awards em 2016 - Kevin Winter/Getty Images/AFP
Sarah Jessica Parker se emociona ao receber o prêmio de melhor atriz de série premium no People's Choice Awards em 2016 Imagem: Kevin Winter/Getty Images/AFP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

16/11/2018 08h57

Durante entrevista com o site AVClub no qual conversou sobre diversos dos seus papéis mais marcantes, Sarah Jessica Parker comentou que não gosta de responder perguntas sobre o legado de "Sex and the City".

Parker interpretou Carrie Bradshaw nas seis temporadas da série da HBO, exibidas entre 1998 e 2004, e reprisou o papel em dois filmes, lançados em 2008 e 2010.

"Qualquer ator que te diga que sabia [que sua série ia fazer um grande sucesso] está mentindo. Nenhuma de nós sabia de verdade", comentou a atriz. "Terminamos toda uma temporada antes de entrarmos no ar".

"Além disso, não é como se a série tenha sido um grande sucesso logo de cara. Foi uma coisa bem lenta", relembrou ainda. "Mesmo no meio do sucesso, eu acho que não parávamos para pensar nisso".

"Tínhamos tanto a fazer, a trabalhar", continuou. "É só depois que as pessoas te perguntam sobre isso que você é forçada a contemplar o legado daquilo que você fez, e para falar a verdade eu não me sinto confortável com isso".

"É claro que eu vejo tudo o que a série trouxe para a discussão social. Eu vejo o valor que ela agregou, e me sinto muito sortuda de ter feito parte disso", completou, em tom mais ameno.