PUBLICIDADE
Topo

Diretor de "Um Lugar Silencioso" diz que filme é uma carta de amor aos filhos

Cena do filme "Um Lugar Silencioso" - Divulgação
Cena do filme "Um Lugar Silencioso" Imagem: Divulgação

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

15/11/2018 14h57

John Krasinski, diretor, roteirista e ator principal do filme "Um Lugar Silencioso", disse que o filme é "basicamente uma carta de amor aos nossos filhos".

A declaração foi dada durante uma conversa entre roteiristas promovida pela revista "The Hollywood Reporter". No filme, Krasinski contracena com sua mulher na vida real, Emily Blunt.

Sobre a tal "carta de amor aos filhos", Krasinski brincou que sua mulher teria lhe dito sobre o filme "mas não é aquele sobre as criaturas matando todo mundo?".

Na entrevista, o diretor comentou como o roteiro foi feito. "A ideia era fantástica: uma família que vive em silêncio para se proteger das criaturas. Nós [Krasinski e sua mulher] tínhamos acabado de ter nossa segunda filha. Então, eu estava segurando um bebê de 3 semanas lendo sobre o que uma família faria para proteger seus filhos. Eu me conectei com este material mais do que qualquer coisa que já tinha me conectado porque eu estava vivendo isso".

O roteiro de "Um Lugar Silencioso" foi escrito em parceria por Bryan Woods, Scott Beck e Krasinski. Na entrevista, ele lembrou das alterações que fez no texto. "Ele era muito mais um filme de horror. Eu quis fazer esse drama familiar e realmente pressionei por essa ideia de família", contou. "Mas uma das coisas que aprendi como ator foi que colaboração é o rei e as melhores ideias vencem, não importa de quem venha", completou.