Topo

Entretenimento

Bailarino brasileiro que integrou o Bolshoi morre afogado aos 18 anos

Reprodução/Facebook
Alex Sandro Barbosa de Souza com a professora Rosaura Alves em primeira apresentação no balé Bolshoi, em 2013. Imagem: Reprodução/Facebook

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

13/11/2018 18h02

O bailarino Alex Sandro Barbosa de Souza, de 18 anos, morreu no último domingo (11) após se afogar em um açude em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre. A informação foi confirmada pela irmã do garoto.

"Profunda tristeza. A arte perde, nós perdemos, o mundo perde um grande bailarino tragado pela solidão. Te amo para sempre, meu irmão", escreveu Angélica Barbosa nas redes sociais.

Alex passava o dia em uma fazenda com quatro tios e dois primos. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas o bailarino foi retirado sem vida da água. 

O jovem ingressou na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, cuja sede fica em Joinville (Santa Catarina), aos 12 anos. Na época, ele fazia parte do projeto social Grupo Vida e logo começou a se destacar no balé clássico.

Após conquistar diversos prêmios, incluindo primeiro lugar na categoria solo masculino em um festival na capital gaúcha, Alex voltou para o Rio Grande do Sul em 2018 para dar aulas de piano e de flauta em escolas municipais de Guaíba.

Segundo Angélica, o corpo do bailarino foi enterrado na segunda-feira no Cemitério Municipal de Guaíba.

Mais Entretenimento