PUBLICIDADE
Topo

Barbra Streisand pediu para a Apple corrigir a pronúncia de seu nome; entenda

A cantora Barbra Streisand - Brendan Smialowski/AFP
A cantora Barbra Streisand Imagem: Brendan Smialowski/AFP

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

02/11/2018 16h06

Convidada do quadro "Carpool Karaoke", do programa The Late Late Show with James Corden, a cantora Barbra Streisand falou sobre como as pessoas ainda costumam errar a pronúncia de seu nome.

A cantora revelou que entrou em contato com Tim Cook, chefe da Apple, para garantir que Siri (a assistente virtual da empresa) falasse seu nome corretamente. "As pessoas erram meu nome. Tem gente que fala Streizend ou Streisind, na Inglaterra. Então qual o melhor jeito de mudar [como a Apple pronuncia] meu nome? Falando com a Apple e Tim Cook". O apresentador James Cordon fez questão de testar se Siri aprendeu a falar o nome certo de Barbra Streisand. 

A atriz e cantora lembrou ainda que ligava diretamente para Steve Jobs quando tinha algum problema em seu computador. "Eu disse: 'Olha, por que não conseguimos apagar um endereço errado?'. E ele, na verdade, culpou a Microsoft, porque eles tinham a licença", disse a cantora.

Barbracantou alguns de seus hits no programa, interpretou uma versão mais cadenciada de "Imagine", clássico de John Lennon, e explicou como sua raiva com Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, fez com que ela pensasse no novo álbum, "Walls".

"Cada música se relaciona com algo que está acontecendo nestes momentos difíceis. As únicas coisas que posso fazer com isso são compor e escrever no Twitter. As pessoas merecem a verdade. A verdade vai nos libertar", disse ela.