Topo

Kanye West rompe com Donald Trump e se diz traído: "Fui usado"

AFP
13.dez.2016 - Donald Trump recebe Kanye West em Nova York Imagem: AFP

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

30/10/2018 19h49

Uma das principais figuras públicas a apoiar o presidente Donald Trump, o rapper Kanye West afirmou ter sido usado pelo republicano para espalhar mensagens políticas com as quais não concorda, dando a entender que sua relação próxima com mandatário americano, a quem já classificou de "figura paterna", não existe mais.

West desabafou nesta terça (30) na internet em uma série de tuítes que indicam seu distanciamento da política e do movimento Maga (Make America Great Again, ou Faça os Estados Unidos Grandes de Novo em português), que costumava divulgar de forma espontânea.

"Meus olhos agora estão bem abertos e percebo que me acostumei a espalhar mensagens que não acredito. Estou me distanciando da política e me focando completamente em ser artisticamente criativo", escreveu o músico.

Segundo Kanye West, a culpa pelo afastamento é de Candace Owens, analista política americana ultraconservadora famosa por apoiar Donald Trump. Ele diz ter sido traído por ela.

"Eu apresentei Candace para a pessoa que fez o logotipo [da campanha Blexit, que perde a desfiliação de afro-americanos do Partido Democrata], e eles não queriam o nome deles, então ela usou o meu. Eu nunca quis qualquer associação com a Blexit. Não tenho nada a ver com isso."

Candace Owens anunciou que o logotipo do movimento havia sido criado "pelo querido amigo e colega super-herói Kanye West".

No Twitter, o rapper ainda agradeceu fãs e familiares por apoiar suas reais convicções, expressando compaixão por pessoas que buscam asilo político e pais que lutam para proteger seus filhos da violência e da guerra.

Surpreendendo mais uma vez os fãs, ele também apoiou nas mensagens o controle de armas em território americano, indo de encontro a uma das principais bandeiras do governo republicano.

Oliver Contreras - Pool/Getty Images
Kanye West abraça Donald Trump durante encontro na Casa Branca em outubro Imagem: Oliver Contreras - Pool/Getty Images

Kanye West, que recentemente revelou sofrer de transtorno bipolar, já visitou Donald Trump mais de uma vez na Casa Branca a última, no início de outubro e, desde a eleição de 2016, vinha acenando positivamente ao governo, considerando, inclusive, se lançar na carreira política.

Mais Rap gringo