PUBLICIDADE
Topo

Cate Blanchett viverá em minissérie advogada que lutou contra avanço do feminismo nos EUA

Getty Images
Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

30/10/2018 13h43

Cate Blanchett vai interpretar Phyllis Schlafly na minissérie "Mrs. America", da emissora FX, segundo informação da revista "Variety".

Blanchett, assumindo o seu primeiro grande papel na TV, vai encarnar a personagem da vida real, uma dona de casa que, graças às suas opiniões controversas sobre o feminismo e o movimento LGBTQ+, ficou famosa nos Estados Unidos.

Ela acabou se formando em direito e usando o diploma para tentar impedir avanços legislativos do movimento feminista. Schlafly permaneceu na ativa como comentarista em canais conservadores até sua morte, em 2016, aos 92 anos de idade.

A minissérie da FX vai tentar mostrar como as reações à "segunda onda" do movimento feminista, encarnada por personagens como Gloria Steinem, Betty Friedan, Shirley Chisholm, Bella Abzug e Jill Ruckelshaus, moldou o movimento conservador da atualidade.

"Eu estou animada para mergulhar nesse material, e sinto que não poderia haver momento mais oportuno para olhar para as muitas camadas desse momento histórico que vamos retratar", comentou Blanchett em comunicado oficial.

Dahvi Waller, veterana de séries como "Mad Men" e "Halt and Catch Fire", vai conduzir "Mrs. America" para a FX. Ainda não há previsão de estreia.