PUBLICIDADE
Topo

Samantha Mathis fala pela primeira vez sobre a morte de River Phoenix

Samantha Mathis e River Phoenix em "Um Sonho, Dois Amores" - Divulgação
Samantha Mathis e River Phoenix em "Um Sonho, Dois Amores" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

29/10/2018 14h20

A atriz Samantha Mathis estava com River Phoenix na fatídica noite em que ele morreu, em 30 de outubro de 1993, há exatos 25 anos. Ela, que namorava o ator de 23 anos na época, falou pela primeira vez sobre a morte dele em uma entrevista recente para o jornal britânico “The Guardian”, e relembrou a sequência de eventos que levou ao trágico desfecho.

Naquela noite, Phoenix e Mathis haviam ido levar os irmãos dele, Joaquin e Eve, ao Viper Room, uma casa noturna em Los Angeles que então pertencia ao astro Johnny Depp. Na hora, porém, Phoenix resolveu entrar, dizendo que uma banda lá dentro havia pedido para tocar com ele.

"Eu sabia que algo estava errado naquela noite, algo que eu não entendia. Eu não vi ninguém usando drogas, mas ele estava chapado de um jeito que me deixou desconfortável. Eu não conseguia acreditar", disse Mathis. Ela acreditava que os dois iriam embora logo, o que não aconteceu. "Cerca de 45 minutos depois, ele estava morto", afirmou.

Ela tem certeza que foi no clube que Phoenix consumiu a droga que viria a matá-lo. "Eu sabia que ele estava chapado, mas a heroína que o matou não apareceu até que ele estivesse no Viper Room. Eu tinha minhas suspeitas sobre o que estava acontecendo, mas não vi nada".

Mathis foi ao banheiro e, quando voltou, se deparou com o que aparentava ser uma discussão entre Phoenix e um outro homem, ambos sendo colocados para fora do local por um segurança. Quando ela chegou à rua, viu o ator cair no chão e ter convulsões. A atriz gritou com o outro homem para saber o que havia acontecido, mas ele apenas respondeu que ela "estava estragando a viagem dele”.

Ela então voltou para dentro da casa noturna para buscar os irmãos dele. Joaquin chamou a emergência, mas o irmão foi declarado morto no hospital, vítima de uma overdose de cocaína e heroína.

O namoro

Mathis e Phoenix se conheceram três anos antes de estrelarem "Um Sonho, Dois Amores" (1993). "Nos conhecemos quando tínhamos 19 anos, e ele pegou um cigarro meu em uma balada de Los Angeles. Isso vai soar incrivelmente cafona, mas eu sabia que estaria com ele um dia. Parecia que era o destino, e tinha tanta química".

"Acho que reconhecemos alguma coisa um no outro. Viemos de famílias muito diferentes, mas talvez houvesse partes danificadas que reconhecemos um no outro. Encontramos um porto seguro", contou a atriz.

Questionada sobre o ano que eles passaram juntos antes da morte dele, Mathis disse guardar boas lembranças, como as vezes em que os dois se hospedaram com a família dele na Flórida e na Costa Rica. “Nós só passamos tempo com os irmãos dele e pudemos ser jovens. Ele era muito bom em relaxar”.

Apesar de gostar de relaxar, Phoenix também se preocupava muito em prover para sua família, e era notoriamente avesso à fama. "River disse para mim: 'Eu só tenho que fazer mais um filme para guardar dinheiro suficiente para que a minha irmã mais nova possa ir para a faculdade'. Não sei se era verdade, mas me lembro dele dizendo isso".

Errata: o texto foi atualizado
River Phoenix morreu há 25 anos, e não 30. O texto foi corrigido.