PUBLICIDADE
Topo

Em entrevista perdida, Cobain se diz feliz e fala sobre lado pop do Nirvana

Reprodução
Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

26/10/2018 11h13

Uma entrevista considerada "perdida" de Kurt Cobain e Krist Novoselic, membros do Nirvana, foi recuperada pelo jornalista John Robb. Datada de 1989, antes do sucesso bombástico da banda, trechos da entrevista divulgados pelo "NME" mostram os dois músicos refletindo sobre as músicas que viriam a formar o álbum "Nevermind".

Cobain descreve as canções como "reflexões sobre raiva e negatividade, com uma típica atitude punk rock". O frontman admite também, no entanto, que as composições tem um lado pop, que reflete sua felicidade por sair da cidade onde nasceu, Aberdeen (nos EUA).

"Eu imagino que estou ficando mais feliz por ter 'escapado'", comenta o vocalista. "Às vezes eu percebo que estou dificultando as coisas na minha vida de propósito, só para voltar para esse sentimento raivoso".

"É uma diferença enorme entre o material que escrevi em Aberdeen e o que estou escrevendo agora. As canções estão ficando mais pop conforme eu fico mais feliz. Elas ainda são sobre conflitos e relacionamentos, emoções e sentimentos", reflete ainda. "Quando escrevo uma música, as letras são o que menos importa. Eu não penso muito sobre elas. Posso falar de duas coisas diferentes na mesma faixa, e o título pode não ter nada a ver com isso".

Cobain e Novoselic ainda falam sobre a gênese de uma canção que Robb acredita ser "Smells Like Teen Spirit", o hit definidor da banda. "Eu acho que estamos conseguindo uma boa mistura agora entre os extremos dos nossos estilos. Ao invés de ser apenas uma canção pesada e assustadora, ou apenas uma canção pop leve, é algo no meio disso", comenta Cobain.

Embora o mito em torno do vocalista seja que ele odiava a fama adquirida pelo Nirvana, a entrevista mostra que Cobain inicialmente achou as respostas positivas das plateias "encorajadoras". "As pessoas estão começando a entender que somos bons", brinca ele. "É um ótimo complemento para o prazer de fazer a música".