Topo

Geek

"Red Dead Redemption 2": Cinco filmes de faroeste para entrar no clima do game

Reprodução
Cena de "Era Uma Vez no Oeste", de 1968 Imagem: Reprodução

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

25/10/2018 04h00

Pegue seu chapéu, ajeite sua bota e confira se a sela do seu cavalo está bem afivelada. Com lançamento nesta sexta-feira (26) para PlayStation 4 e Xbox One, "Red Dead Redemption 2", um dos jogos mais famosos da Rockstar (mesma produtora da enorme franquia GTA), é mais do que um dos games mais esperados do ano: é também um refúgio para os fãs do bom e velho faroeste que podem viver as aventuras do Velho Oeste.

"Red Dead Redemption 2" narrará uma história nos Estados Unidos em 1899, uma época em que os últimos foras-da-lei se viam acuados com o fim de uma era.

Para entrar no clima de "Red Dead Redemption 2", separamos cinco filmes de faroeste que foram sucesso nos cinemas e que certamente também serviram de inspiração para que o game fosse criado.

"Era Uma Vez no Oeste" (1968)

Um clássico absoluto do gênero, "Era Uma Vez no Oeste" tem sob seu comando uma dupla icônica do faroeste com direção de Sergio Leone e trilha sonora de Ennio Morricone. Esse time estrelado ainda contava com Henry Fonda e Charles Bronson, este último que interpretou o misterioso "Harmonica" (gaita, em inglês). Considerado lento na época de seu lançamento, "Era Uma Vez no Oeste" foi um fracasso no início, e acabou recebendo seu devido reconhecimento tardiamente. Na cena acima, vemos como o rápido gatilho de Charles Bronson lembra o recurso "dead eye" no jogo, no qual o personagem consegue mirar e atirar em vários inimigos em um curto espaço de tempo.

"Os Imperdoáveis" (1992)

Reprodução
Clint Eastwood em cena de "Os Imperdoáveis" (1992) Imagem: Reprodução

Um faroeste um pouco mais moderno, "Os Imperdoáveis" foi dirigido e protagonizado por Clint Eastwood, o que lhe rendeu o Oscar de melhor filme e melhor diretor. O longa ainda venceria mais duas categorias: melhor edição e melhor ator coadjuvante para Gene Hackman. O elenco ainda tem Richard Harris e Morgan Freeman. O game da Rockstar mostra bem como aquele espírito do Velho Oeste aos poucos morria. O personagem de Eastwood, William Munny, mostra esse clima de um pistoleiro aposentado que se vê obrigado a sair em ação mais uma vez ao receber uma oferta irrecusável. E ninguém melhor do que Clint Eastwood para entrar em clima de faroeste, como veremos no item a seguir.

Trilogia dos dólares

  • "Por um Punhado de Dólares" (1964)
  • "Por uns Dólares a Mais" (1965)
  • "Três Homens em Conflito" (1966)

Reprodução
Imagem: Reprodução

A "Trilogia dos Dólares", também conhecida como "Trilogia do Homem Sem Nome", é um marco do cinema. Os três longas marcam a colaboração entre a direção de Sergio Leone, trilha de Ennio Morricone e Clint Eastwood como protagonista. A intenção original não era de que os filmes fossem uma trilogia, mas a repetição do personagem central acabou por formar essa sequência lógica. A trilogia é um clássico do faroeste e você certamente encontrará inúmeros elementos que estão nos filmes e ganharão destaque em "Red Dead Redemption 2", desde a estética dos personagens até o clima das histórias.

"Os Indomáveis" (2007)

Reprodução
Christian Bale e Russell Crowe em cena de "Os Indomáveis" (2007) Imagem: Reprodução

Se você não tem muita paciência para ver filmes mais antigos e longos --"Era Uma Vez no Oeste" tem quase 3h, por exemplo--, há alguns êxitos contemporâneos que souberam prestar uma homenagem ao gênero e ao mesmo tempo atualizar o estilo em questão de dinamismo e técnica. "Os Indomáveis" é um remake de "3:10 to Yuma", de 1957. Dirigido por James Mangold, o filme mostra a história de Ben Wade (Russell Crowe), líder de um grupo de bandidos que é preso e precisa ser levado até uma estação de trem. A missão de impedir que seu bando o resgate fica a cargo de Dan Evans (Christian Bale), um veterano que acabou virando fazendeiro. A missão de conduzir um preso e enfrentar bandidos armados tem cenas recorrentes na franquia de Red Dead.

"Bravura Indômita" (2010)

Mais um faroeste moderno e mais um remake. Dirigido por Ethan Coen e Joel Coen, este "Bravura Indômita" é a segunda adaptação do romance de Charles Portis publicado em 1968. O primeiro filme foi lançado naquele ano seguinte com John Wayne e Glen Campbell. Nesta edição, os irmãos Coen escalaram grandes nomes para o elenco como Jeff Bridges, Matt Damon e Josh Brolin, para contar a história de uma garota fazendeira de 14 anos que busca vingança contra o homem que matou seu pai. O longa é um dos maiores êxitos de remakes de faroeste e foi indicado em dez categorias do Oscar, mas não ganhou nenhuma. O personagem de Jeff Bridges, Cogburn, lembra em muitos aspectos William Munny de "Os Imperdoáveis" (1992) ao mostrar um pouco sua decadência e uma tentativa de provar suas habilidades.