PUBLICIDADE
Topo

Carlos Saldanha vai dirigir seu 1º live-action, "The Phantom Tollbooth"

O diretor Carlos Saldanha, de filmes como "Rio" e "O Touro Ferdinando" - Divulgação
O diretor Carlos Saldanha, de filmes como "Rio" e "O Touro Ferdinando" Imagem: Divulgação

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

24/10/2018 15h45

Carlos Saldanha, diretor das animações "Rio" e "A Era do Gelo", e indicado ao Oscar pela animação "O Touro Ferdinando" e pelo curta "Aventura Perdida de Scrat", acaba de assinar contrato para trabalhar em primeiro live-action. O brasileiro assume a direção da adaptação do clássico infantil "The Phantom Tollbooth". A informação é do The Hollywood Reporter.

Donald De Line e Ed McDonnell assinam a produção, que tem roteiro de Ted Melfi, o mesmo que adaptou o livro que deu origem ao filme "Estrelas Além do Tempo". O projeto será uma live-action, filme com atores. Será a primeira vez que o diretor brasileiro, famoso por suas animações, faz um longa-metragem neste formato. Anteriormente, ele já havia dirigido Rodrigo Santoro e Bruna Linzmeyer em um dos curtas que compõe "Rio, Eu Te Amo".

Publicado pela primeira vez em 1961 com ilustrações de Jules Feiffer, o livro "The Phantom Tollbooth", do escritor americano Norton Juster, centra-se em Milo, um garoto apático e entediado com tudo. Quando uma passagem misteriosamente aparece em seu quarto, ele descobre um lugar mágico cheio de personagens curiosos. A partir daí, Milo aprende que a vida é muito mais emocionante do que ele pensava que fosse. O livro vendeu quase 4 milhões de cópias no mundo.

A versão em português do clássico infantil foi traduzida como "Tudo Depende de Como Você Vê As Coisas". Publicado pela Seguinte, selo juvenil da Cia das Letras, a obra foca no jogo de palavras - o que pode ser o grande desafio do diretor na adaptação ao cinema. 

"Só porque não via graça em coisa nenhuma, Milo acaba fazendo uma viagem durante a qual não passa por nenhum lugar-comum. Ele conhece, por exemplo, uma cidade cuja economia se baseia na produção e no comércio de palavras. Conhece a Doce Rima e a Razão Pura. Cruza com personagens um tanto desagradáveis: a Dúvida Atroz, a Desculpa Esfarrapada... Tem contato com uma figurinha cuja família é especializada em pontos de vista: "Meu pai prevê as coisas, minha mãe revê as coisas, meu irmão entrevê as coisas, meu tio vê o outro lado de todas as coisas e minha irmã Alice vê o que existe por debaixo das coisas". Nessa história em que o arquiteto Norton Juster usa jogos de palavra para mudar as idéias de lugar, Milo, o garoto entediado, não tem como não ver as coisas de outra maneira", diz a apresentação do livro.

"The Phantom Tollbooth" ainda não tem data de estreia definida.