PUBLICIDADE
Topo

Música

Roberto Leal fala de Chacrinha e diz: "Nunca deixei de ser português no Brasil"

O cantor Roberto Leal com Fabio Porchat - Edu Moraes/Record TV
O cantor Roberto Leal com Fabio Porchat Imagem: Edu Moraes/Record TV

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

23/10/2018 06h36

Roberto Leal comentou sua carreira no Brasil no "Programa do Porchat" de segunda-feira (22). O cantor português, que mora no Brasil há mais de 50 anos, explicou o que o faz não querer deixar o país e voltar para sua terra natal.

"Conheço bastante os caminhos da imigração e, se tem uma coisa que o Brasil tem é essa confraternização dos povos. Agradeço muito ao Brasil porque nunca deixei de ser português no Brasil. Sou um português brasileiro", orgulha-se.

Ele lembra sua relação com Chacrinha, cantando direto no programa do apresentador. "No dia seguinte que fui ao 'Chacrinha', não podia sair mais na rua. Na sua fase terminal, quando estava para ir embora, ele ouviu uma música minha e me ligou às 7h da manhã, propondo sete programas".

Leal recebeu um pedido do eterno guerreiro, que morreu em 1988. "Quando cheguei no quinto, saindo do programa, ele pediu a camisa que eu estava, que tinha o 'M' do uniforme do colégio da minha filha. Insistiu dizendo: 'eu quero hoje, não sei se vou estar aqui semana que vem'".

O cantor ensina qual o segredo do sucesso. "Dar o melhor que você tem, as pessoas querem isso. Os sinais da vida são muito claros. Se não estiver distraído, você se acha e não se perde mais".

Neste ano, Roberto Leal se candidatou a deputado estadual pelo PTB, mas não conseguiu se eleger somando pouco mais de 8 mil votos.

Música