Topo

Filmes e séries


Guillermo del Toro fará versão de "Pinóquio" para a Netflix

O cineasta Guillermo del Toro - Kirsty Wigglesworth/AP Photo
O cineasta Guillermo del Toro Imagem: Kirsty Wigglesworth/AP Photo

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

22/10/2018 11h37

Guillermo Del Toro vai estrear na direção de longas-metragens animados com "Pinóquio", projeto em parceria com a Netflix. Segundo a "Variety", o filme será feito através da técnica do stop-motion, a mesma de filmes como "O Estranho Mundo de Jack" e "Coraline".

Del Toro vai escrever o roteiro e produzir o filme, além de dirigir. Em formato musical, "Pinóquio" vai recontar a famosa história do boneco de madeira criado pelo velho Geppetto, que só quer se transformar em um "menino de verdade".

A nova versão da trama, criada originalmente pelo escritor Carlo Collodi em 1883, se passará na Itália dos anos 1930, com o fascismo de Benito Mussolini tomando controle do país. A produção começa ainda neste ano.

"Nenhuma forma de arte influenciou minha vida e o meu trabalho mais do que a animação, e eu não me sinto conectado a nenhum personagem na história mais do que a Pinóquio", comentou Del Toro sobre o projeto. "Na nossa trama, ele é uma figura inocente, com um pai cruel, que se perde em um mundo que não pode compreender".

Patrick McHale ("Hora de Aventura") vai ajudar Del Toro a escrever o roteiro, enquanto Mark Gustafson ("O Fantástico Sr. Raposo") vai servir como codiretor do projeto. Os bonecos e cenários serão criados pela companhia Mackinnon & Saunders, a mesma que trabalhou em "A Noiva Cadáver".

Del Toro comenta sobre sua vontade de fazer um filme de "Pinóquio" desde 2008, quando ia produzi-lo com a ajuda da Jim Henson Company, criadora dos "Muppets". A última versão da história que ganhou destaque nos cinemas foi feita em 2002, com Roberto Benigni no papel título.

Filmes e séries