Topo

Shakira encerra jejum de sete anos e faz festa latina para 40 mil pessoas

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

21/10/2018 22h54

Shakira encerrou na noite deste domingo (21) o jejum de sete anos sem trazer um show para o Brasil. Emocionada e falando sempre em português, ela agradeceu o público que a esperou por todo esse tempo. “É nas dificuldades que descobrimos nossos amigos de verdade”, destacou a cantora. Vale lembrar que a turnê “El Dorado” chegou a ser adiada duas vezes por causa de problemas nas cordas vocais da colombiana.

Nada que tenha afetado o timbre único e inconfundível de Shakira. Com ingressos esgotados, o show na capital paulista começou com cerca de 15 minutos de antecedência. O relógio marcava 20h45 quando os acordes iniciais de “Estoy Aqui”, primeiro sucesso dela no Brasil, saíram dos microfones. O público que ainda não estava a postos correu pelo Allianz Parque para não perder nem um minuto ao lado da estrela pop latina.

O público refletia a versatilidade de Shakira, que soube se reinventar em 27 anos de carreira. Aos 41 anos, ela atraiu muita gente na faixa dos 30 para um Allianz Parque lotado, mas entre os balzaquianos também se via muitos adolescentes e até algumas crianças. Reflexo do sucesso inegável de seu último álbum, “El Dorado”, que batiza a turnê, e de suas parcerias com estrelas do pop latino e norte-americano.

Mariana Pekin/UOL
Simpática, Shakira falou sempre em português com o público Imagem: Mariana Pekin/UOL

A mistura também estava presente no repertório. “Estoy Aqui” e “Donde Estas Corazón?” deram o gás inicial. Intercalando baladas mais calmas e hits das pistas de dança, a colombiana conseguiu manter o público animado e atento durante toda a apresentação. O show ganhou ainda mais beleza com muitos efeitos de pirotecnia, chuva de papel picado e trocas de figurino.

Reforçando os sete anos que ficou sem fazer shows no Brasil, Shakira também aproveitou a saudade para presentear o público paulista com uma música que não tinha aparecido no repertório dos últimos shows da turnê. Ela juntou toda a sua banda para fazer uma bela versão de “Antologia”, do álbum “Piés  Descalzos”, de 1995, o primeiro a estourar no Brasil. “Essa é uma das primeiras músicas que eu escrevi, aos 17 anos”. Foi uma das formas de agradecer a paciente espera.

Shakira não escapa do #elenão

Shakira é a primeira grande artista internacional a fazer um show no Brasil em período eleitoral sem grandes manifestações políticas. Segundo o colunista de “O Globo” Ancelmo Gois, a cantora foi orientada por sua equipe antes mesmo de vir ao país para não falar do assunto. Ainda assim, o público da pista comum ensaiou um tímido “ele não” depois de um dos momentos mais catárticos do show, quando ela lembrou seus sucessos de Copas passadas. Mas Shakira já nem estava mais no palco.

Mariana Pekin/UOL
Shakira levantou o estádio com hits das Copas passadas Imagem: Mariana Pekin/UOL

“La, La, La”, canção tema da Copa do Mundo de 2014 no Brasil foi cantada com o estádio inteiro enfeitado com balões verdes e amarelos, em uma ação preparada pelos fãs. Até o público das cadeiras se levantou para pular com a colombiana, que emendou a canção com “Waka Waka”, tema da Copa anterior, na África do Sul, e considerada até hoje a grande música das Copas.

Outro belo momento foi o final de “Amarillo”, do álbum mais recente dela. Ao final da música, Shakira levantou a sua guitarra e fez questão de mostrar o instrumento pintado com a foto do marido, o jogador de futebol Gerard Piqué, e dos dois filhos, Milan e Sasha.

“Hips Don’t Lie”, faixa do segundo álbum em inglês da cantora, e “La Bicicleta”, parceria mais recente dela com o astro latino Carlos Vives, encerraram o show. Shakira segue agora para Porto Alegre, onde toca na terça-feira (23). A turnê El Dorado, que já passou por Europa, Canadá e Estados Unidos, termina na Colômbia, sua terra natal, em 3 de novembro.

Setlist de Shakira em São Paulo:

“Estoy Aqui”/“Donde Estas Corazon”
“She Wolf”
“Si Te Vas”
“Nada”
“Perro Fiel”/“El Perdon”
“Underneath Your Clothes”
“Me Enamore”
“Inevitable”
“Chantaje”
“Whenever, Wherever”
“Tu”
“Amarillo”
“La Tortura”
“Antologia”
“Can’t Remember To Forget You”
“Loca/Rabiosa”
“La La La”/“Waka Waka”
“Toneladas”
“Hips Don’t Lie”
“La Bicicleta”

Mais Pop