Topo

Filmes e séries


Criadora de "Grey's Anatomy" revela ser roteirista mais bem paga da TV

Shonda Rhimes, criadora de séries como "Grey
Shonda Rhimes, criadora de séries como "Grey's Anatomy" Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

16/10/2018 10h30

Shonda Rhimes é a roteirista mais bem paga da TV. A criadora de séries como "Grey's Anatomy", "Scandal" e "How to Get Away With Murder" clamou o título para si própria durante evento de gala da revista "Elle" para sua edição anual sobre mulheres poderosas de Hollywood, que ocorreu na noite da segunda-feira (15).

Segundo o "The Hollywood Reporter", Rhimes justificou a vontade de revelar o seu status e salário durante discurso. "Recentemente, eu me dei conta que homens são bons em falar sobre suas realizações, e as mulheres se escondem. Caras, vocês fazem isso tão bem. Vocês fazem quando não merecem - olhe para [Donald] Trump ou [Brett] Kavanaugh -, mas também quando merecem", comentou a showrunner.

"Algum tempo atrás, em um artigo inspirador, Ellen [Pompeo, estrela de 'Grey's Anatomy'] disse para o mundo que era a mulher mais bem paga das séries dramáticas. Ela não se escondeu. Ela falou sobre sua realização. Ela disse que era poderosa e merecia isso, e muita gente a criticou. Isso não deveria ter acontecido. Eu já vi milhares de artigos parecidos com o dela em que homens falam sobre seus salários, mas como ela é mulher não pode dizer nada?", continuou.

Ela então falou sobre um colega de profissão, Ryan Murphy ("American Horror Story", "9-1-1"), que anunciou o seu contrato de US$ 300 milhões com a Netflix em matéria do "The Hollywood Reporter". Ao revelar o seu status de showrunner mais bem paga da TV, Rhimes deu a entender que o seu próprio trato com o serviço de streaming, firmado mais ou menos na mesma época, vale ainda mais do que isso.

"Ryan, que Deus abençoe o seu coração talentoso", comentou a roteirista. "Quando ele firmou o seu contrato com a Netflix, o que ele fez? Ele revelou o seu salário para o mundo, fez fotos de capa em revistas. Ele mereceu cada minuto disso. Eu o aplaudo".

"Quando eu fiz o meu próprio trato com a Netflix, eu deixei que as revistas reportassem um valor muito menor do que aquele que eu recebi", continuou Rhimes. Os veículos especializados estimaram que o contrato da roteirista valia em torno de US$ 100 milhões na época do seu anúncio. "Eu fiz poucas entrevistas, abaixei a cabeça e trabalhei. Eu me escondi. Eu estou ganhando esse prêmio da 'Elle', hoje, por inspirar outras mulheres. Como inspirar alguém se estou me escondendo?".

Um dos primeiros projetos que Rhimes anunciou na Netflix foi a franquia de ficção científica "Recursion", inspirada no livro de Blake Crouch. Parceria da roteirista com Matt Reeves ("Cloverfield: Monstro"), o livro vai render um longa-metragem e uma série dramática, que exploram um futuro onde as pessoas tem a tecnologia necessária para apagar memórias dolorosas.

Ainda não há previsão de estreia.