Topo

Rock

Lindsey Buckingham diz que Stevie Nicks o expulsou do Fleetwood Mac

Charles Sykes/AP
9.out.2014 - John McVie, Christine McVie, Stevie Nicks, Lindsey Buckingham e Mick Fleetwood no Fleetwood Mac "Today" Imagem: Charles Sykes/AP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

11/10/2018 11h09

O músico Lindsey Buckingham se abriu sobre sua saída da banda Fleetwood Mac pela primeira vez em entrevista à "Rolling Stone". Na matéria, Buckingham abre o jogo e diz que a vocalista Stevie Nicks foi a responsável por sua "expulsão" da banda.

O músico conta que o empresário da banda, Irving Azoff, foi responsável por informá-lo que estava demitido. "Ele disse: 'Stevie não quer estar junto com você em um palco nunca mais'. Disse que ela deu um ultimato ao restante da banda: 'Ou ele vai embora, ou vou eu'", comenta Buckingham.

A briga entre os dois membros do Fleetwood Mac explodiu após um evento da organização beneficente "MusiCares", que ocorreu no começo do ano. Segundo Nicks, Buckingham "sorriu ironicamente" enquanto a companheira de banda dava um discurso, e brigou com ela por conta da canção escolhida para iniciar o show da banda: "Rhiannon", clássico do Fleetwood escrito por Nicks.

"Eu não briguei para mudar a música por ser 'Rhiannon'", rebate Buckingham na entrevista. "Eu briguei porque a música não tinha o impacto necessário para um início de show. Às vezes, eu sou muito específico sobre a forma certa e a forma errada de fazer as coisas".

Já sobre o seu "sorriso irônico" no palco, Buckingham caracteriza o momento como uma "piada interna" da banda. "Entre nós, sempre brincamos que Stevie tem a tendência a falar por tempo demais quando começa. Olhei para o lado no palco, e Christina e Mick [outros integrantes do Fleetwood] estavam dançando ironicamente enquanto ela falava", comenta.

"O que me incomoda nessa história toda é que passamos 43 anos na banda tentando superar nossas diferenças pelo bem da música", completa o músico. "Esse é o nosso legado. É sobre isso que falam as nossas músicas, aliás. Essa não foi uma boa maneira de terminar isso".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Rock