PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Juiz descarta uma das seis acusações de abuso em caso contra Weinstein

Harvey Weinstein se entrega à polícia de Nova York -  Kevin Hagen/Getty Images
Harvey Weinstein se entrega à polícia de Nova York Imagem: Kevin Hagen/Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

11/10/2018 11h39

O produtor Harvey Weinstein conseguiu vitória judicial nesta quinta-feira (11), quando um juiz da corte de Nova York decidiu descartar uma das seis acusações de abuso sexual pelas quais ele responde na justiça. A informação é do "The Hollywood Reporter".

A acusação descartada vem de Lucia Evans, que denunciou o produtor por forçá-la a fazer sexo oral durante uma reunião em seu escritório, em 2004. O caso criminal contra Weinstein segue incluindo cinco outras acusações de abuso e assédio.

O produtor ainda mantem sua inocência frente ao juiz. Seu advogado, Benjamin Brafman, disse que a acusação de Evans foi descartada porque ela havia mentido para os investigadores do caso sobre as circunstâncias do acontecido.

O juiz também favoreceu a equipe de advogados de Weinstein ao marcar uma próxima audiência judicial do caso para 20 de dezembro, dando bastante tempo para a defesa do produtor se preparar.

Weinstein responde por apenas uma fração das denúncias de assédio e abuso sexual que pesam contra ele. O produtor foi citado por mais de 60 mulheres desde uma primeira matéria no "The New York Times" que expunha seu suposto comportamento abusivo.

Entretenimento