PUBLICIDADE
Topo

Nicolas Cage e Bowie em "Senhor dos Anéis"? Roteiristas esclarecem rumores

O ator Nicolas Cage - Tiziana Fabi/AFP
O ator Nicolas Cage Imagem: Tiziana Fabi/AFP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

10/10/2018 13h37

Os três filmes de "O Senhor dos Anéis" estão entre os mais populares da história de Hollywood, e logo é natural que surjam boatos e lendas urbanas em torno de suas produções. Um dos mais persistentes desde o lançamento da trilogia é que dois nomes bem conhecidos quase fizeram parte do elenco: Nicolas Cage e David Bowie.

As roteiristas Philippa Boyens e Fran Walsh ajudaram a criar o universo de "O Senhor dos Anéis" com o diretor Peter Jackson, e conversaram com o "Huffington Post" durante a Comic-Con de Nova York. Perguntadas sobre ambos os rumores, elas hesitaram em confirmar tudo.

Segundo as duas, nunca houve uma reunião com nenhum dos dois atores para um papel, mas David Bowie definitivamente apareceu na "lista de desejos" dos produtores para o papel de Elrond, o elfo que acabou sendo interpretado por Hugo Weaving.

"Eu acho que o que nos impediu de ter uma reunião com Bowie foi o estúdio", relembra Walsh. "Eu me lembro dessa conversa", continua Boyens. "O estúdio citou que ele já tinha interpretado um elfo em 'Labirinto', então eles não queriam essa associação".

Sobre Cage, segundo as roteiristas, a história foi justamente o contrário: o estúdio sugeriu o nome do ator para o papel de Aragorn, herói que acabou com o rosto de Viggo Mortensen nos filmes.

"Eles começaram a discutir alguns atores de mais renome para certos papéis, e eu sei que Cage era um deles. Nós não chegamos a ter uma reunião com ele, porque isso era coisa do estúdio", comenta Boyens.

"Não estamos dizendo que não gostamos de Cage. Ele é um excelente ator. Tínhamos visto alguns filmes com ele nessa época e estávamos um pouco obcecadas", brincou ainda a roteirista.

Por suas vezes, Boyens e Walsh reeditam a parceria com o produtor Peter Jackson em uma nova fantasia, "Máquinas Mortais". O filme, um dos destaques da Comic-Con de Nova York, chega aos cinemas brasileiros em 10 de janeiro de 2019.