Topo

Filmes e séries

Atuação impecável como Freddie Mercury dá força a Rami Malek no Oscar 2019

Reprodução/Entertainment Weekly
Rami Malek aparece como Freddie Mercury pela 1ª vez Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

08/10/2018 04h00

Rami Malek surge como um dos grandes candidatos a levar o Oscar 2019 de melhor ator. 

Conforme o jornalista Pete Hammond analisou em artigo para a "Deadline", o intérprete de Freddie Mercury na cinebiografia do Queen, "Bohemian Rhapsody", conseguiu chamar a atenção de membros influentes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas nas últimas semanas.

O filme foi exibido em diversos festivais de cinema nos Estados Unidos, justamente o objetivo programado pela 20th Century Fox de cravar o nome do ator como presença garantida no Oscar.

Hammond garante que Malik sintetiza a personalidade e a essência performática do icônico vocalista, "saltando" da tela durante o filme, passando por momentos energéticos e dramáticos.

O curioso é que a atuação de Rami Malek contrasta com diversos problemas nos bastidores do projeto. Bryan Singer, a mente por trás os filmes do X-Men e "Os Suspeitos" (1995), foi demitido durante as gravações por problemas nos bastidores, inclusive por brigas com Rami.

Outro ponto destacado por Hammond é a inteligência da 20th Century Fox em saber usar a voz original de Freddie. Assim como fez Jamie Foxx para viver Ray Charles, pelo qual levantou o Oscar de melhor ator em 2004 por "Ray", Malek teve sua voz incorporada com a do vocalista do Queen, dando mais naturalidade às cenas.

Antes mesmo de viver o cantor britânico nos cinemas, Rami teve destaque na televisão com a série "Mr. Robot", pela qual foi indicado duas vezes para o Globo de Ouro.

As críticas sobre "Bohemian Rhapsody" só serão liberadas daqui a algumas semanas -- o filme estreia em 01º de novembro no Brasil. A cerimônia do Oscar será realizada em 24 de fevereiro de 2019.