Topo

Geek

Saiba quem é o sinistro personagem da cena pós-créditos de "Venom"

Reprodução
Tom Hardy se confronta com o simbionte em cena de "Venom" Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

05/10/2018 09h24

ATENÇÃO: Há spoilers de "Venom" no texto abaixo. Não leia se não quiser saber o que acontece. 

Fãs de filmes de super-heróis já estão acostumados a permanecer no cinema mesmo após o final do filme - afinal, na maioria das vezes os produtores esconderam alguma cena surpresa ao fim ou no meio dos créditos. Em "Venom", não é diferente.

O longa do vilão da Marvel termina com uma cena entre Eddie Brock (Tom Hardy) e um personagem misterioso, interpretado por ninguém menos que Woody Harrelson.

A cena começa com Brock, agora já completamente no controle de Venom, sendo guiado por um guarda para a cela de um serial killer na cadeia. "Se você me perguntar, eles [o FBI] são burros em deixar ele fazer o que quiser. No momento em que ele pediu para falar com você especificamente, eu não deixaria", comenta o guarda.

Divulgação
O vilão Carnificina nos quadrinhos da Marvel Imagem: Divulgação

"O FBI está só tentando aproveitar a única vez que ele está disposto a falar com qualquer pessoa. Eles esperam que eu consiga fazê-lo identificar alguns outros corpos", responde Brock.

O personagem de Hardy é levado até a cela e trava uma rápida conversa com o serial killer interpretado por Harrelson. Ao final do diálogo, o maníaco diz a frase que levou os fãs a identificá-lo: "Se eu sair daqui - e eu vou sair - vai haver uma carnificina".

Carnificina, é claro, é o nome de um dos "variantes" de Venom nos quadrinhos. Após um pedaço do simbionte se juntar ao serial killer Cletus Kasady, ele se torna uma versão avermelhada e ainda mais violenta do vilão.

Em entrevista ao site Collider, Harrelson falou sobre sua participação no filme: "Eu estarei no próximo filme. Eu li a cena e decidi tentar a sorte".

"Venom" está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil. O filme estreou na última quinta-feira (4).