Topo

Filmes e séries

Steven Seagal abandona entrevista após pergunta sobre acusações de assédio; veja

Reprodução
Steven Seagal abandona entrevista para a BBC Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

04/10/2018 20h59

O ator Steven Seagal abandonou uma entrevista para a BBC nesta quinta-feira (04) após ser questionado sobre as acusações de assédio sexual em que está envolvido.

"Sobre sua vida nos Estados Unidos, você foi registrado em alegações de assédio sexual. Você tem uma acusação de estupro e fico imaginando como você lida com tudo isso?", questionou Kirsty Wark.

Antes mesmo da apresentadora terminar a questão, o ator tirou seu retorno no ouvido, levantou-se da cadeira e saiu da frente das câmeras.  Veja abaixo o momento:

Regina Simons e Faviola Davis falaram em abril deste ano pela primeira vez sobre as acusações contra o astro das artes marciais. Ao todo, mais de 10 mulheres falaram publicamente que foram assediadas pelo ator.

Segundo Regina, seu caso ocorreu há 25 anos, quando ela ainda era menor de idade. A vítima relatou que Seagal a convidou para uma festa em sua casa, ele a levou para o seu quarto, beijou o seu pescoço e então a estuprou. A mulher afirmou que nunca tinha ficado nua na frente de um homem.

"Eu não era sexualmente ativa ainda. Ele tirou o roupão e a próxima coisa que me lembro é dele dentro de mim. Não houve nada de consensual sobre isso", contou a mulher, que ainda relatou que o ator ofereceu dinheiro a ela após o crime. Ela nunca mais falou com o astro dos filmes de ação.

Já Faviola alega que Seagal beliscou seus mamilos e agarrou sua vagina durante um teste para filme em 2002. "Depois, ele se sentou calmo, como se nada tivesse acontecido. O segurança pessoal de Steven ficou bloqueando a porta e apenas se moveu quando Steven pediu. Eu saí do quarto me sentindo horrível e violentada", analisou a vítima.

Quem também acusa Seagal é a atriz e apresentadora Lisa Guerrero, que relembrou em outubro do ano passado a experiência ruim que teve com o astro de filmes como “Fúria Mortal” e “A Força em Alerta” em 1996, quando disputava um papel no longa “Ameaça Subterrânea”.

Em entrevista à revista “Newsweek”, Guerrero contou que Seagal pediu que ela fosse a sua casa para uma “audição particular”. Desconfortável, ela foi ao local acompanhada de uma agente mulher. Lá, o ator as recebeu usando apenas um robe de seda.

Mais tarde, a atriz recebeu uma ligação de seu agente, informando que Segal gostaria de oferecer a ela o papel, mas que ela teria que voltar à casa dele para um “ensaio particular” na mesma noite. Guerrero declinou.

Steven Seagal negou todas as acusações.