PUBLICIDADE
Topo

Produtor diz que novo "Halloween" deixa porta aberta para sequências

Jamie Lee Curtis em trailer de "Halloween" - Reprodução
Jamie Lee Curtis em trailer de "Halloween" Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

04/10/2018 13h02

O produtor Jason Blum não quer que a franquia "Halloween" acabe com o novo filme, que está prestes a chegar aos cinemas. Em entrevista com a "Entertainment Weekly", Blum esclareceu que o longa deixa a porta aberta para sequências.

"Com certeza, 100%", respondeu sobre a possibilidade de uma continuação. "Deixa eu te dizer uma coisa: Nós conseguimos fazer seis filmes de 'Atividade Paranormal'. Certamente conseguiremos descobrir qual será o próximo capítulo de 'Halloween'".

O produtor ainda comparou a experiência de produzir "Halloween", sequência de uma franquia que a sua companhia, a Blumhouse, não criou, com a de construir séries do zero.

"Eu acho que é o mesmo músculo criativo que você usa para fazer as duas coisas", refletiu. "O processo foi o mesmo que usamos para fazer o novo 'Uma Noite de Crime', ou o novo 'Invocação do Mal'. A questão que nos fazemos é sempre a mesma: Como fazer um filme original o bastante para que as pessoas queiram vê-lo, mas não original demais a ponto de não se conectar com os fãs?".

A franquia "Halloween" foi originada em 1978, no filme clássico dirigido por John Carpenter. Nele, acompanhávamos o enlouquecido assassino Michael Myers (Nick Castle), que escapava de um sanatório e voltava para a sua cidade natal, Haddonfield, para atormentar a vida dos habitantes - especialmente Laurie Strode (Jamie Lee Curtis), heroína do filme.

A franquia ganhou nada menos que sete sequências entre 1981 e 2002, mas nenhuma delas terá efeito na trama do novo "Halloween", que é continuação direta do primeiro longa. Dirigido por David Gordon Green ("Sua Alteza?"), o filme traz Curtis de volta para interpretar uma Laurie envelhecida, que se confronta com Michael Myers mais uma vez.

A estreia ficou para 25 de outubro no Brasil.