PUBLICIDADE
Topo

Maisa descreve cena nojenta de "Tudo por um Popstar": "Contato com inferno"

Maisa posa para divulgar filme "Tudo por um Popstar" - Francisco Cepeda/AgNews
Maisa posa para divulgar filme "Tudo por um Popstar" Imagem: Francisco Cepeda/AgNews

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

01/10/2018 13h53

Pela primeura vez juntas em cena, Maisa, Mel Maia e Klara Castanho estrelam "Tudo por um Popstar", baseado em livro homônimo lançado por Thalita Rebouças em 2003. No longa, Gabi, Rita e Manu são fanáticas pela Slavabody Disco Disco Boys, liderada por Slack (João Guilherme), e fazem qualquer coisa pela banda... até guerra de lixo! A estrela do SBT descreveu a sequência nojenta como um "contato com o inferno".

"A cena da guerra de comida ficou muito legal, mas estava um calor absurdo, aquilo era uma sauna, era o banheiro subterrâneo do hotel. Realmente, era quase um contato com o inferno. Eu me senti bem próxima! Falei: 'Pai!'", brincou Maisa, olhando para o alto, durante a entrevista de lançamento do filme, nesta segunda-feira (1°), em São Paulo.

"Estava um calor, a Mel estava suja de catchup nas costas, eu fui carregada pelas meninas. Foi um perrengue delicioso de fazer. Faria tudo de novo", continuou Maisa. "Bom saber, né?", provocou Thalita Rebouças, já pensando na continuação da cena nojenta.

"Eu estava com uma 'pizza' imensa, porque eu tenho um problema sério com suor, e riam da minha cara. Todo mundo ficou com nojo de mim, se afastando, mas foi gostoso", relembrou Mel Maia.

Outro desafio para Maisa e Klara Castanho foi com o sotaque carioca, já que "Tudo Por Um Popstar" é ambientado no Rio de Janeiro. Nascidas em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, as duas contaram com a ajuda de Mel Maia para caprichar no "carioquês".

"A Maisa e eu fizemos prosódia para conseguir o sotaque. E estávamos com a Mel, que é superarrastada no carioca. Se a gente não fosse na dela, teria um contraste muito grande. Quando conseguimos pegar o sotaque de uma vez, foi direto, não tivemos muito problema. Para ficar arrastado como o da Mel, foi arrastado", explicou Klara Castanho.

Equipe do filme "Tudo por um Popstar" conversa com jornalistas em São Paulo - Francisco Cepeda/AgNews - Francisco Cepeda/AgNews
Equipe do filme "Tudo por um Popstar" conversa com jornalistas em São Paulo
Imagem: Francisco Cepeda/AgNews

"Eu nunca tinha mudado o sotaque, porque todos os meus trabalhos como atriz foram em São Paulo. Sabia que a Klara fez uma personagem carioca em 'É Fada' e já morou no Rio. E a Mel é carioquíssima. Fiquei supernervosa, mas sempre imitei as pessoas. A prosódia me ajudou bastante e a Mel Maia também", contou Maisa.

"Elas arrasaram no carioquês", elogiou Thalita Rebouças, que também faz uma participação no filme e convidou as três atrizes para os papéis principais.

Filmes e séries