PUBLICIDADE
Topo

Bruce Dern substitui amigo Burt Reynolds em novo filme de Quentin Tarantino

Bruce Dern na divulgação de "Os Oito Odiados" - Bryan Bedder/Getty Images
Bruce Dern na divulgação de "Os Oito Odiados" Imagem: Bryan Bedder/Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

27/09/2018 15h12

"Era Uma Vez em Hollywood", próximo filme de Quentin Tarantino, escolheu o substituto de Burt Reynolds. O papel que deveria ser do ator, que morreu no último dia 6 de setembro, será de Bruce Dern. A informação é do "Deadline".

Dern, indicado ao Oscar por "Amargo Regresso" e "Nebraska", já colaborou com Tarantino em "Os Oito Odiados" e "Django Livre". Dern e Reynolds eram amigos de longa data e atuaram juntos no faroeste "Hard Ground", em 2003.

O papel a ser interpretado por Dern é o de George Spahn, um personagem real que permitiu que Charles Manson e seus seguidores vivessem em seu rancho nos anos 1960, durante a época em que cometeram diversos assassinatos. Segundo relatos, Manson não pagava aluguel, mas obrigava suas seguidoras a irem para a cama com o octogenário.

Dern se junta a um elenco estrelado que inclui Leonardo DiCaprio, Brad Pitt, Margot Robbie, Al Pacino, Kurt Russell, Dakota Fanning, James Mardsen, Michael Madsen, Tim Roth, Timothy Olyphant, Damian Lewis, Lena Dunham, Emile Hirsch, Luke Perry, Scoot McNairy e James Remar.

Tarantino vai abordar a história de Manson (Damon Herriman) e do assassinato da atriz Sharon Tate (Robbie), na época grávida do filho de Roman Polanski (Rafal Zawierucha), de forma indireta - a trama principal do filme, descrito como um primo próximo de "Pulp Fiction", compreende um ator decadente (DiCaprio) e seu dublê (Pitt) tentando recuperar relevância em Hollywood.

A estreia de "Era Uma Vez em Hollywood" ficou para 15 de agosto de 2019.