PUBLICIDADE
Topo

"Marielle, presente!" Rouge faz apresentação politizada no Prêmio Multishow

Grupo Rouge se apresenta no tapete vermelho do Prêmio Multishow - Reprodução/Multishow
Grupo Rouge se apresenta no tapete vermelho do Prêmio Multishow Imagem: Reprodução/Multishow

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

25/09/2018 22h23

As meninas do Rouge fizeram uma apresentação bastante politizada no pré-show do Prêmio Multishow, que acontece no tapete vermelho da premiação. Cada uma delas vestia um roupão com o nome de uma mulher que fez história nas costas. 

Aline Wirley, Fantine, Karin Hils, Lissah Martins e Lu Andrade surgiram representando Marielle Franco, Maria da Penha, Maria Quitéria, Dandara e Leila Diniz. Elas cantaram a música mais recente do grupo, a feminista "Dona da Minha Vida".

A vereadora carioca Marielle Franco foi assassinada há mais de seis meses no Rio de Janeiro e os culpados, até hoje, ainda não foram identificados.

Maria da Penha é a cearense que batizou a lei de proteção às mulheres.

Maria Quitéria foi uma militar que lutou pela Indepêndencia. 

Dandara foi uma guerreira negra do período colonial do Brasil.

E a atriz Leila Diniz escandalizou o Brasil conservador dos anos 60 com suas ideias e ao exibir sua gravidez de biquíni.

Depois do número mais sério e politizado, as cantoras revelaram um figurino mais colorido por baixo para cantar o maior sucesso do Rouge, "Ragatanga".

Rouge - Multishow/Divulgação - Multishow/Divulgação
O grupo Rouge canta "Ragatanga" no tapete vermelho do Prêmio Multishow
Imagem: Multishow/Divulgação