PUBLICIDADE
Topo

Judi Dench defende Kevin Spacey: "Um amigo querido"

Judi Dench posa com Kevin Spacey - Rex Features
Judi Dench posa com Kevin Spacey Imagem: Rex Features

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

25/09/2018 13h22

Judi Dench surpreendeu o público que compareceu a uma entrevista durante o San Sebastian Film Festival, na Espanha. A atriz citou o seu "querido amigo" Kevin Spacey ao ser perguntada sobre boas memórias que tinha da carreira.

"Eu me lembro, pouco depois da morte do meu marido, eu fiquei muito deprimida", comentou. "Eu fui filmar 'Chegadas e Partidas', com Kevin Spacey, e ele foi um inestimável conforto para mim. Ele nunca mencionou que eu estava mal, simplesmente me animou e fez com que eu seguisse firme."

"Chegadas e Partidas", lançado em 2001, trazia Spacey e Dench como sobrinho e tia que precisam aprender a viver juntos na pequena cidade pesqueira da qual a família é originária. O longa foi filmado logo após a morte do marido de Dench, Michael Williams, com quem a atriz era casada desde 1971.

Questionada sobre as acusações de assédio sexual feitas contra Spacey, que o levaram a ser demitido ou substituído em diversos projetos, Dench ponderou sobre as medidas tomadas frente às denúncias.

"Eu não posso aprovar, de qualquer jeito, que cortemos Kevin dos filmes. Não importa o que ele tenha feito", comentou. "Devemos fazer isso com todo mundo, através da história? Qualquer um que fez algo errado, ou desrespeitou a lei, precisa ser cortado? Vamos excluí-los da nossa história?"

"Eu não sei todas as condições disso, mas ele é, continua sendo, um ator maravilhoso. Eu não consigo imaginar o que ele está fazendo agora. E ele continua sendo um bom amigo", completou.