PUBLICIDADE
Topo

Gary Kurtz, produtor da saga "Star Wars", morre aos 78

Gary Kurtz, que trabalhou na produção de "Star Wars" - Reprodução/Youtube
Gary Kurtz, que trabalhou na produção de "Star Wars" Imagem: Reprodução/Youtube

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

24/09/2018 13h08

Gary Kurtz, que teve de crédito de produtor nos dois primeiros capítulos da saga "Star Wars", morreu aos 78 anos de idade. O "The Hollywood Reporter" confirmou a notícia com a família do americano.

Kurtz morreu neste domingo (23) após uma longa batalha contra o câncer. Ele morava em Londres, na Inglaterra. "Gary era um amado marido, pai, avô, amigo, colega e mentor, cujo trabalho e talento compreendia cinema, fotografia, música e história. Ele foi um soldado, viajou o mundo, e era um ser humano gentil e compassivo", comentou a família em comunicado oficial.

O produtor começou a trabalhar com George Lucas em "Loucuras de Verão", filme dirigido pelo criador de "Star Wars" em 1973. A parceria continuou no filme que deu origem à franquia, datado de 1977, e na continuação "O Império Contra-Ataca" (1980).

Na produção de "Império", Kurtz teve que assumir as responsabilidades de diretor de segunda unidade após a morte súbita de John Barry durante a produção. Ele foi o responsável, por exemplo, pela cena em que Luke foge da caverna do Wampa.

"Loucuras de Verão" e o primeiro "Star Wars" renderam a Kurtz duas indicações ao Oscar de melhor filme, normalmente creditado aos produtores.

Kurtz ainda produziria o clássico cult "O Cristal Encantado" (1982) e o fracasso de bilheteria "O Mundo Fantástico de Oz" (1985), que o levou a declarar falência e se afastar da indústria de Hollywood.