PUBLICIDADE
Topo

Disney escurece pele de Tiana em "WiFi Ralph" após críticas dos fãs

Tiana, de "A Princesa e o Sapo" (2009), foi a primeira princesa negra em animação da Disney - Reprodução
Tiana, de "A Princesa e o Sapo" (2009), foi a primeira princesa negra em animação da Disney Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

24/09/2018 13h00

A Disney reanimou algumas cenas do filme "WiFi Ralph", continuação de "Detona Ralph", após reclamações dos fãs sobre o tom de pele da Princesa Tiana, originalmente vista em "A Princesa e o Sapo".

Segundo o "Wall Street Journal", o estúdio achou melhor escurecer o tom de pele e alargar o nariz de Tiana após críticas vindas de grupos ativistas que acusaram o estúdio de "branquear" os traços da personagem.

O grupo Color of Change aplaudiu a atitude do estúdio, dizendo: "A Disney escolheu restaurar a imagem de Tiana como uma princesa que é negra sem concessões: lábios cheios, pele escura, cabelo escuro. Isso é uma vitória para o Color of Change, para as crianças negras e seus pais, e para o público que quer ver uma diversidade de formas, tons e tamanhos nas artes".

No trailer mais recente de "WiFi Ralph", a "nova versão" de Tiana ficou bem mais próxima daquela que vimos em "A Princesa e o Sapo". Na época de lançamento de seu filme, a personagem se tornou a primeira princesa negra da Disney.

Cena do trailer mais recente, com versão alterada pela Disney:

via GIPHY

Veja imagem de trailers anteriores: