PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Artista põe grades de prisão na estrela de Donald Trump na Calçada da Fama

Estrela de Donald Trump sofre intervenção artística - Reprodução/Instagram
Estrela de Donald Trump sofre intervenção artística Imagem: Reprodução/Instagram

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

21/09/2018 09h38

Na manhã desta quarta-feira (20), Donald Trump acordou atrás das grades - ou quase isso. Embora o presidente dos EUA continue livre para perambular pela Casa Branca, sua estrela na Calçada da Fama, em Los Angeles, foi adornada com grades de prisão por um artista de rua conhecido como Plastic Jesus.

"Eu sinto que Trump merece ir para a prisão por sua corrupção", comentou o artista ao "Los Angeles Times". Trata-se de uma abordagem bem menos agressiva do que a de outros indivíduos que já vandalizaram a estrela do presidente na Calçada da Fama.

Em julho, por exemplo, um rapaz de 24 anos usou uma picareta para para destruir o marco, logo em seguida se entregando à polícia. Já em outubro de 2016, outro homem foi preso por destruir a estrela de Trump com uma marreta.

A estrela de Trump também já amanheceu com inscrições de tinta spray ofendendo o presidente ou associando-o a símbolos de ódio como a suástica do nazismo.

A Hollywood Chamber of Commerce, que administra a Calçada da Fama, se posicionou contra o vandalismo na estrela de Trump em julho. "Esperamos que as pessoas projetem sua raiva de formas mais produtivas do que destruindo um ponto turístico da Califórnia", comentaram os diretores.

A Calçada da Fama também foi cenário de protestos pró-Trump, no entanto. Após o incidente da picareta em julho, um artista identificado como The Faction, que se descreve como apoiador do presidente, colou estrelas de plástico com o seu nome por todo o ponto turístico.

Entretenimento