PUBLICIDADE
Topo

Felipe Araújo se aproxima do pagode e paga dívida com fãs do RJ em novo DVD

Ferrugem é convidado especial do novo DVD de Felipe Araujo - Roberto Filho/Brazil News
Ferrugem é convidado especial do novo DVD de Felipe Araujo Imagem: Roberto Filho/Brazil News

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

20/09/2018 04h00

O Rio de Janeiro foi escolhido como cenário do segundo DVD da carreira de Felipe Araújo. O cantor, que gravou na cidade em julho, lança nesta quinta-feira (20) a primeira metade do novo projeto "Por Inteiro". O público carioca ainda é visto como um dos mais resistentes ao sertanejo, mas o artista garante não sentir essa barreira em seu trabalho, pelo contrário. "É o lugar do Brasil que eu tenho mais fãs e eles estavam carentes da minha presença. Não poderia ser outro lugar pra gravar esse DVD", diz o goiano sobre a aposta.

A base das gravações foi o YouTube Space, que fechou uma parceria com o sertanejo. Alguns cenários típicos do Rio de Janeiro foram explorados, como um palco aberto com o mar e o Museu do Amanhã ao fundo, as curvas do Pão de Açúcar e o Morro da Urca, um estúdio que retrata a boemia da Lapa e também uma típica boate. 

Como pede a cartilha do novo sertanejo, o trabalho do cantor de 23 anos traz algumas parcerias. Entre as 10 primeiras músicas disponíveis nas plataformas digitais, "Atrasadinha" chega acompanhada de um vídeoclipe. Os próximos clipes serão liberados semanalmente.

"Atrasadinha", primeira música de trabalho do novo DVD de Felipe Araújo, é uma parceria com o pagodeiro Ferrugem, que ele considera uma das melhores vozes do Brasil atualmente. "Sou apaixonado por sertanejo e a minha essência é essa, mas por ser um cantor solo dá para fazer muitas misturas."

Além de Ferrugem, Felipe Araújo ainda apostou no "pagodão baiano" de Léo Santana, como o próprio define o estilo do cantor nordestino. Léo está cada vez mais próximo dos sertanejos após assinar com um escritório de Goiânia. A parceria dos dois, no entanto, só será revelada na segunda parte do DVD, que sai em 6 de dezembro, um pouco antes da estreia da turnê "Por Inteiro".

A primeira parte do trabalho ainda traria uma parceria com Wesley Safadão, mas o cearense teve de cancelar sua participação por um problema pessoal. Felipe Araújo então gravou sozinho "Espaçosa Demais", faixa que também já está disponível nas plataformas digitais a partir desta quinta-feira (20). "É uma das que eu mais acredito nesse projeto", confessa o sertanejo, sem descartar uma parceria futura com o amigo. "Com certeza logo nós vamos gravar algo juntos."

"Ainda Sou Tão Seu" e "Para de Graça", que apareceram no EP "Esquenta do Felipe Araújo", em maio, também estão na primeira parte do novo DVD. "Big Bang", "Inventa Algum Sentimento", "Cama Desocupada", ""Minha Vontade" e um pot-pourri de "Como Eu Te Amo"  e "Tudo de Novo" completam a primeira parte de "Por Inteiro", que terá no total 21 faixas.

Felipe Araújo - Francisco Silva e Denilson Santos/AgNews - Francisco Silva e Denilson Santos/AgNews
Felipe Araújo grava novo DVD no YouTube Space, no Rio de Janeiro
Imagem: Francisco Silva e Denilson Santos/AgNews

Comparações com Cristiano

Com três anos de carreira solo, Felipe já conquistou o topo das paradas musicais com faixas como "Amor da Sua Cama", "A Mala é Falsa" e "Chave Cópia", mas admite que ainda escuta comparações com o irmão mais velho, Cristiano Araújo, morto em um acidente de carro em junho de 2015. Algumas incomodam, outras não mais.

Ele explica. "Quando comparam musicalmente, como timbre de voz, que é inevitável, por ser família, por eu ter crescido ouvindo as mesmas coisas do Cristiano, é muito gratificante. É uma honra. Meu irmão é um dos maiores cantores que o Brasil já viu na minha opinião", explica, apesar de trabalhar em um estilo diferente do que era cantado pelo irmão.

Um caso recente nas redes sociais, porém, o incomodou bastante. "Esses dias eu postei um negócio do Bolsonaro. Não apoio ele e nem ninguém para presidente. Meu voto é nulo. Mas ele sofreu aquele atentado e eu postei desejando força para ele, pensando na saúde. Tive que apagar porque tiveram uns comentários nada a ver que me irritaram. De gente falando 'por isso que você nunca vai conseguir ser igual o Cristiano. Porque você apoia o Bolsonaro'. É o tipo de coisa que entra por um ouvido e sai por outro". 

Pai na política

Apesar de anular seu voto para presidente "por protesto", Felipe Araújo já tem candidato para deputado federal. Seu pai, João Reis, disputa as eleições em outubro pelo MDB. Caso o empresário conquiste uma vaga na Câmara dos Deputados, o cantor perde um dos principais apoiadores de sua carreira.

Felipe Araújo com o pai - Manuela Scarpa/Brazil News - Manuela Scarpa/Brazil News
Felipe Araújo com o pai, o empresário João Reis
Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

"Meu pai está sempre junto comigo. Ele viaja para todos os shows, vai comigo para todos os lugares. Se por um acaso ele ganhar, vai ter que largar." Ainda assim, ele diz entender e aceitar a possível mudança.

"Se meu pai ganhar ele vai focar totalmente na política. Ele é um cara de muita garra e entrou nisso porque está com muita vontade de mudar alguma coisa. Ninguém aguenta mais o Brasil do jeito que está."