Topo

Filmes e séries

Assediador de Terry Crews viu caso "como um presente" e pediu desculpas a ator

Reprodução
O ator Terry Crews Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

14/09/2018 20h05

Terry Crews, mais conhecido pelas séries "Todo Mundo Odeia o Chris" e "Brooklyn 9-9", compartilhou nas redes sociais uma carta que recebeu em março de Adam Venit, que o assediou em uma festa há alguns anos.

O ator só aceitou o pedido de desculpas e decidiu compartilhar agora o texto após o executivo de Hollywood se afastar da agência WME na última semana, não podendo, por lei, voltar para a empresa.

Na mensagem, o agente lamenta o ocorrido e se responsabiliza "pela jornada emocional" que Crews e sua família passaram nos últimos meses. Ao mesmo tempo, Venit trata o caso como um "presente", uma experiência que o fez mudar a forma com a qual encara a vida.

"Deus definitivamente trabalha de formas únicas e meu deu essas experiências como um presente de sabedoria e uma força para mudar minha vida. Eu vejo como um presente que é e uma oportunidade de mudar o rumo da minha vida. Um grande presente de consciência. Não é um presente que eu necessariamente gostaria que outros tivessem, mas ainda assim um presente", disse Venit.

Em outro momento, o agente pede que haja uma reunião para que eles possam discutir o assunto. "Eu escrevo essa carta com a esperança que possamos conversar e tirar uma mensagem positiva no meio desse mundo enlouquecido. Eu quero usar esse momento para virar uma influência positiva ao seu lado e não apenas uma outra história de Hollywood que vai ditar para a sempre a nossa narrativa".

"Eu, como você, tenho muitas coisas na minha vida que apenas agora estou processando e entendendo como um adulto. Venho me dedicando para uma descoberta espiritual na tentativa de ser a melhor pessoa pelo resto da minha vida e, espero, fazer a diferença para mim, minha família e todos que eu conheço".

O ator foi ao Twitter no dia 8 de outubro de 2017 revelar que durante uma festa um "executivo do alto escalão de Hollywood" agarrou suas partes íntimas. O caso aconteceu na frente de sua mulher. "Pulando para trás, eu disse, 'O que você está fazendo?' Ele apenas sorriu como um idiota", escreveu Crews na época.

Em dezembro, Crews entrou na justiça contra Adam Venit. A WME fez uma investigação sobre o caso e tirou Venit do cargo de executivo da empresa, "rebaixando-o" apenas para agente. Apenas na última semana que agência quebrou vínculo com o executivo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!