Topo

Filmes e séries

Filme com Marina Ruy Barbosa e Bruno Gagliasso traz de volta o romantismo do K7

Divulgação
Marina Ruy Barbosa e Bruno Gagliasso em cena do romance "Todas as Canções de Amor" Imagem: Divulgação

Tiago Dias

Do UOL, em São Paulo

12/09/2018 16h17

O romantismo das mixtapes está de volta em “Todas as Canções de Amor”, filme nacional que chega aos cinemas em novembro.

Dirigido por Joana Mariani, o longa conta a história de dois casais que têm suas histórias divididas pelo tempo, mas unidas por um apartamento e uma fita cassete – onde estão gravadas as canções românticas mais clássicas do nosso cancioneiro, como “Baby” (interpretado por Gal Costa), “Esotérico” (de Gil) e “Codinome Beija-Flor” (Cazuza).

As canções foram escolhidas em uma época em que não se existia playlists, e as fitas cassetes eram o formato possível para se criar coletânea sentimental. Na trama, elas embalam o relacionamento de Clarice (Luiza Mariani) e Daniel (Julio Andrade), e influenciarão, anos depois, o de Ana (Marina Ruy Barbosa) e Chico (Bruno Gagliasso).

A cantora Maria Gadú assina a direção musical do longa.