Topo

Música

Daniel homenageia João Paulo, 21 anos após sua morte: "Faz muita falta"

Reprodução/Instagram
João Paulo e Daniel Imagem: Reprodução/Instagram

Thaís Sant'Anna

Colaboração para o UOL

12/09/2018 15h06

O cantor Daniel emocionou seus seguidores nesta quarta-feira (12) ao relembrar do parceiro João Paulo, que morreu há exatos 21 anos devido a um acidente de carro. Ele publicou uma foto com o amigo e falou da saudade que sente dele.

"Tudo bem, pessoal? Conversando com amigos esses dias o assunto era de como o tempo passou! Quanta coisa já ficou para traz, quantos momentos já vivemos! E a grande maioria deles eu tive a honra de passar ao lado do meu eterno parceiro Zé Henrique, nosso João Paulo! Se você estivesse aqui com a gente, estaria com seus 58 anos! Hoje são 21 anos de sua ausência! Uma vida!!!! Você faz MUITA FALTA cara! Saudades", escreveu Daniel.

Os eternos fãs da dupla comentaram a homenagem. "Saudades desse tempo ,e tao bom ve essa foto pra matar um pouco a saudade", postou um. "Meus sentimentos. Vai ficar eternizado em nossas memórias", declarou outro. "A melhor dupla sertaneja da história", elogiou mais um.

Em abril do ano passado, Roseli Barbosa, viúva de João Paulo, deu uma entrevista  ao programa "Domingo Show", da TV Record, e contou que decidiu fazer faculdade de direito para proteger o patrimônio da família, depois de ter caído em um golpe de quase R$ 200 mil. Na época em que o marido morreu, em 1997, Roseli tinha apenas a 4ª série.

A iniciativa de retomar os estudos e "brigar" pelo patrimônio --como terras e imóveis-- veio cerca de dois anos depois da morte de João Paulo, quando, segundo ela, pessoas se aproveitaram do momento difícil pelo qual passava, à base de calmantes e com ajuda de psicóloga.

"Foi aí que eu percebi que, se eu não tomasse a frente, eu perderia tudo aquilo que ele [João Paulo] lutou por nós. Eu assinei documentos que não devia, fiz negócio malfeito, pessoas tiraram proveito, perdi muita coisa. [O prejuízo] chegou a quase R$ 200 mil. Isso me motivou [a entrar na escola]", relatou ela.