PUBLICIDADE
Topo

Por letra polêmica, Paramore não vai mais cantar "Misery Business" ao vivo

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

10/09/2018 10h50

O Paramore vai deixar de cantar o seu primeiro hit, "Misery Business", em shows. Após anos de debate sobre alguns versos polêmicos da canção, a banda liderada por Hayley Williams fez o anúncio durante a última data da turnê "After Laughter", neste sábado (8), nos EUA.

"Essa é uma escolha que fizemos porque achamos que deveríamos. Achamos que era hora de se afastar dessa canção por um tempo", comentou Williams no palco, segundo a "Variety". "Isso é por causa de cada má decisão que nos trouxe aqui, e por causa das coisas vergonhosas que dissemos. Nós crescemos, e admitimos o erro".

O debate em torno de "Misery Business" se concentra em um dos versos da canção: "Uma vez uma 'vadia', você não é nada além disso/ Desculpe, isso nunca vai mudar", canta Williams.

Williams já se defendeu sobre o verso, dizendo que tinha apenas 17 anos quando o escreveu, e que não pensa mais assim. "'Misery Business' não é uma letra com a qual eu me identifico hoje em dia", disse em 2015 sobre o assunto, em post no seu Tumblr pessoal.

"Misery Business" foi o primeiro single do segundo álbum de estúdio do Paramore, "Riot!", lançado em 2007.