PUBLICIDADE
Topo

Toronto tem protesto por mais oportunidades para mulheres cineastas

Geena Davis discursa em Toronto durante protesto contra falta de oportunidades para mulheres cineastas - Chris Pizzello/Invision/AP
Geena Davis discursa em Toronto durante protesto contra falta de oportunidades para mulheres cineastas
Imagem: Chris Pizzello/Invision/AP

Lello Lopes

Do UOL, em São Paulo

08/09/2018 13h58

Centenas de pessoas tomaram as ruas do centro de Toronto neste sábado (8) para protestar contra a falta de oportunidade para as mulheres cineastas e para pedir que a indústria de entretenimento amplie as vozes das minorias em filmes e séries. A cidade canadense está recebendo um dos mais importantes festivais de cinema do mundo.

Segundo a Variety, entre os manifestantes estavam as atrizes Geena Davis e Mia Kirshner e as diretoras Nandita Das e Amma Asante, que contaram as suas histórias e mostraram números que comprovam que a indústria do entretenimento é dominada por homens brancos.

Entre 2007 e 2017, apenas 4% dos 1100 maiores filmes foram dirigidos por mulheres, sendo que apenas quatro deles tiveram uma diretora negra.

"Todo dia eu sonho com um mundo em que não exista a necessidade de falar isso e que as minhas colegas artistas mulheres possam falar de sua arte, e não fazer campanha para isso", disse Assante. "A menos que melhoremos as condições para que nossos corpos sejam respeitados no local de trabalho, não vejo como teremos nossas mentes respeitadas e nossas lideranças conquistadas", completou Kirshner.