PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Atriz de "12 é Demais", Piper Perabo é presa em protesto no senado dos EUA

Getty Images
Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

05/09/2018 10h38

22 pessoas foram presas nesta terça (4) ao protestar no Senado norte-americano contra a confirmação do juiz Brett Kavanaugh, indicado pelo presidente Donald Trump para fazer parte da Suprema Corte dos EUA. No seu Twitter, a atriz Piper Perabo revelou que foi uma delas.

"Muitas cidadãs antes de mim lutaram pelos direitos iguais para mulheres. Eu não posso ficar calada quando alguém que é indicado para a Suprema Corte gostaria de tirar esses direitos de nós", escreveu Perabo.

A atriz mostrou um vídeo do momento em que ela e várias outras mulheres são presas. Perabo não esclareceu quanto tempo permaneceu na cadeia, mas deu a entender que já está livre.

Ao citar os direitos das mulheres, Perabo se refere a "Roe v. Wade", decisão história da Suprema Corte que garantiu o direito ao aborto às mulheres americanas em 1973. Muitos especialistas temem que, se o conservador Kavanaugh for colocado na Suprema Corte, a decisão seja revertida.

A texana Perabo ficou famosa pelo papel em "Show Bar" (2000) e na franquia "Doze é Demais" (2003, 2005). Entre 2010 e 2014, estrelou a série policial "Covert Affairs", pela qual ganhou uma indicação ao Globo de Ouro.

Entretenimento