PUBLICIDADE
Topo

Alok visita instituição que recebeu os R$ 150 mil de seu cachê no Carnaval

Alok dança capoeira com alunos do Projeto Axé, em Salvador - Divulgação
Alok dança capoeira com alunos do Projeto Axé, em Salvador Imagem: Divulgação

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

05/09/2018 18h14

Alok aproveitou uma folga na agenda na última segunda-feira para visitar o Projeto Axé, em Salvador, na Bahia, e oficializar uma doação. A instituição ficou com os R$ 150 mil do cachê que o DJ recebeu para tocar no circuito Barra-Ondina no Carnaval deste ano.

Na intituição, Alok aproveitou para conhecer o trabalho desenvolvido com as crianças e adolescentes e jogar capoeira com eles. "Eu não imaginava quão grande fossem as ações, a quantia de crianças e adolescentes beneficiados. Na verdade eu sabia sobre a história e isso já foi o suficiente para me despertar e contribuir de alguma forma. Saber que podemos luminar o caminho dessas crianças me deixa muito feliz e esse é o maior propósito da minha jornada", declarou o DJ sobre a experiência.

Compartilhando muito Axé! Valeu Projeto Axé! ?? @lojaaxedesign

Uma publicação compartilhada por Alok (@alok)

em

Não é a primeira vez que o DJ se envolve em projetos beneficentes. Alok já tinha destinado R$ 100 mil a hospitais que tratam crianças com câncer, valor dos royalties da música "Ocean", feita em homenagem à uma fã que enfrentou a doença. O DJ ainda prometeu doar os royalties de seu mais recente lançamento, "Favela", para programas que atendem moradores das comunidades do Rio de Janeiro.

Com 27 anos de história, o Projeto Axé - em Salvador - é uma ONG que trabalha com crianças e adolescentes em situação de rua. Os jovens são atendidos por educadores em diversas áreas e recebem formação em arte visual, música, dança e capoeira.

O projeto depende de doações e a contribuição pode ser feita por telefone (71) 3324-6753. Com os R$ 150 mil doados por Alok, o Projeto Axé ainda ajudou uma segunda instituição da região.