PUBLICIDADE
Topo

Com letras autorais, disco solo de Lauren Jauregui falará de bissexualidade

Lauren Jauregui posa para a revista Nylon - Lindsey Byrnes/Nylon
Lauren Jauregui posa para a revista Nylon
Imagem: Lindsey Byrnes/Nylon

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

04/09/2018 16h45

Lauren Jauregui está pronta para mostrar ao mundo seu primeiro trabalho solo. Enquanto a data de lançamento não sai, a cantora falou sobre o processo de criar um álbum sozinha em uma entrevista à revista Nylon.

Afastada do Fifth Harmony desde que o grupo anunciou um hiato, em março, Lauren admite total satisfação com a liberdade que ganhou. Com letras autorais, o álbum tocará em questões que fazem parte da realidade da artista de 22 anos, como a bissexualidade, revelada em uma carta aberta em 2016.

"[A indústria] finalmente está atenta às minhas necessidades e à minha voz, e essa é a sensação mais legal do mundo. É algo que eu não tinha experimentado ainda", conta Lauren. Em uma das faixas, ela fala abertamente sobre suas relações amorosas com homens e mulheres. 

"Eu falo sobre o que estou vivendo, então se a minha experiência foi com uma garota, você vai ouvir sobre isso a partir dessa perspectiva. Se a minha experiência foi com um cara, será a partir dessa perspectiva. Eu apenas amo almas", explica Lauren, que atualmente namora o rapper Ty Dolla Sign.

A repórter da Nylon, que ouviu as músicas em primeira mão, descreve o novo som de Lauren Jauregui como uma mistura dos vocais de Amy Winehouse e batidas de Lauryn Hill, com influências de música latina, o que tem relação com as raízes cubanas da cantora criada em Miami.

Foi em inúmeras sessões com produtores e compositores que Lauren Jauregui floresceu como artista solo. O próximo álbum terá a assinatura de produtores como Illangelo, colaborador de The Weeknd, Jeremy Lloyd, de Marian Hill, e King Henry, que também já trabalhou com Beyoncé e Justin Bieber.

Lauren Jauregui destaca ainda que uma de suas faixas preferidas é resultado do trabalho dela com outras duas mulheres: a compositora Ilsey Juber (de Shawn Mendes) e Alex Hope (de Troye Sivan).

"Isso é o que eu deveria estar fazendo. Eu pertenço a este lugar. Eu ganhei meu lugar aqui", afirma a cantora sobre sua carreira solo, confiante na nova fase, que só está começando.